A situação do Paraná Clube no Campeonato Brasileiro está cada dia mais complicada. O empate em 1×1 diante do Vasco, ontem à noite, na Vila Capanema, talvez tenha sido a melhor chance de o Tricolor acabar com o jejum de vitórias, já que atuou praticamente meio tempo com um jogador a mais, mas o time paranista decepcionou mais uma vez. Aos gritos de “vergonha” do torcedor, os jogadores do Tricolor deixaram o gramado lamentando mais uma vez o resultado negativo dentro de casa.

+ Leia mais: Paraná sofre de novo com empate em casa

“O futebol é complicado. Ninguém pode reclamar de empenho, dedicação. Nossa semana foi muito forte. Ninguém mais do que a gente quer sair dessa situação. A gente lutou, tentou de tudo que é jeito, mas futebol é foda. Eles fizeram o gol, se fecharam um pouco e depois mais ainda. Mas é continuar com força e a gente vai lutar até o final”, lamentou o zagueiro Charles.

A gente lutou, tentou de tudo que é jeito, mas futebol é foda.”
Charles, zagueiro do Paraná Clube

+ Lance a lance: Veja como foi o jogo no nosso Tempo Real!

O Paraná, dono do pior ataque do Campeonato Brasileiro, conseguiu sair na frente do Vasco, mas acabou cedendo o empate já nos acréscimos do primeiro tempo quando o atacante Deivid cometeu pênalti desnecessário em Ramon. O centroavante tricolor assumiu o erro e lamentou o empate dentro de casa. “A gente estava jogando bem e, em uma infelicidade ali na hora de fazer a cobertura, acabei fazendo o pênalti. Foi um deslize que tivemos ali, que prejudicou nosso jogo. O time estava muito bem”, pontuou o jogador.

+ Complicado: Piscinas da sede do Tricolor demonstram abandono do patrimônio do clube

O zagueiro Jesiel, que depois de muito tempo voltou a ser titular diante do Vasco, foi um dos jogadores mais abatidos na saída de campo. O defensor paranista, no entanto, enalteceu a entrega e a luta do Paraná na busca dos três pontos diante da equipe cruzmaltina. “Mais uma vez não conseguimos sair com os três pontos. Mas nosso time lutou. Está lutando, tem garra, tenta a vitória, mas as coisas não estão acontecendo. É continuar trabalhando. Não tem mais o que falar”, concluiu Jesiel.

+ Saiba tudo: Confira a tabela e a classificação do Campeonato Brasileiro!

Se tivesse vencido o Vasco, o Paraná estaria agora com dez pontos atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento. O Tricolor, agora com 17 pontos conquistados em 27 partidas, segue afundado na zona de rebaixamento e com 13 pontos atrás do próprio time cruzmaltino, que deixou a área de risco do Brasileirão e agora é o 16° colocado.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!