Foi suado, foi sofrido! Mas o Paraná Clube conseguiu carimbar o passaporte para a Série A em 2018 ao vencer o CRB por 1×0 neste sábado (18), no Estádio Rei Pelé, em Maceió. Foram dez anos de luta até o gol contra de Audálio, que fez o Tricolor chegar aos 63 pontos e garantir o retorno à elite, matematicamente. O time da Vila fez a parte dele, mas também contou com os adversários: o Oeste perdeu por 2×0 para o ABC e o Londrina empatou em 0x0 com o América-MG, permitindo, assim a classificação com uma rodada de antecedência.

Na primeira etapa, o Paraná Clube, como já era esperado, mostrou muito mais audácia, já que uma vitória era, praticamente, a garantia do acesso. A primeira boa chance veio aos três minutos de jogo, quando Robson ajeitou de fora da área e chutou forte, mas Edson Kölln conseguiu colocar para escanteio.

A resposta perigosa veio aos 5, quando Diego avançou pela esquerda e ficou sozinho para cruzar na área. Por sorte, Maidana conseguiu afastar. Zé Carlos ainda caiu pedindo pênalti, mas o árbitro, de olho no lance, nada marcou.

Confira a galeria de fotos da festa paranista!

Apesar do equilíbrio no jogo, era o Tricolor quem tinha as melhores chances. Aos 14 minutos, foi Feijão quem tentou de longe e quase pegou o goleiro adversário de calças curtas. Aos 23, no entanto, quem assustou foi o CRB na cobrança de falta de Tony, mas a bola saiu pelo lado direito de Richard. Na resposta, Cristovam cruzou redondo, mas Audálio conseguiu tirar de cabeça. Na sequência, Robson cobrou escanteio, mas a defesa alagoana afastou.

A festa do gol do acesso. Foto: Albari Rosa
A festa do gol do acesso. Foto: Albari Rosa

Depois de uma cobrança de falta perigosa do CRB, aos 26, Zezinho roubou bola de Gabriel, mas chutou fraco, em cima do goleiro, perdendo chance incrível, na cara do gol. Pouco depois, foi a vez de Renatinho chutar com displicência. Aos 37, Leandro Vilela perdeu mais uma tentando de longe, provando que a saída para balançar a rede era entrar na área do adversário com mais objetividade.

No lance seguinte, Zezinho cobrou falta com muito perigo, mas a bola passou ao lado da meta de Edson. Aos 43, mais perigo pra área alagoana, desta vez com Robson, que forçou a zaga a tirar a bola na risca.

O Paraná começou a segunda etapa com o mesmo time e Renatinho assustando o goleiro Edson na tentativa de longe, mas a bola passou à direita do goleiro. Pouco depois, Robson e Feijão estavam na bola, mas a zaga tirou antes que um dos dois chegassem. Aos oito, Richard deu um pito na defesa, que ao invés de matar a tentativa do CRB, colocou para escanteio. Mas o goleiro conseguiu ficar com a bola após a cobrança do corner.

Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

Aos 12, Robson perdeu mais uma chance incrível. Ao receber sozinho pela esquerda, ele chutou em cima do goleiro. O gol estava amadurecendo e pra ter ainda mais volúpia no ataque, Matheus Costa sacou o meia Zezinho para dar passagem a Alemão. Cheio de energia, aos 17, o atacante entrou fazendo jogada aguda pela esquerda e cruzou na área. Audálio tentou tirar, mas mandou pro fundo da rede.

Aos 26, Renatinho quase fez mais um na cobrança de falta, mas Edson espalmou. Com emoção, aos 29 o CRB ameaçou primeiro com um cabeceio de Rodrigo Souza. Depois, Richard teve que operar um milagre no chute cruzado de Diego.

Em vantagem, o Tricolor puxou o freio de mão e caiu de produção, levando menos perigo ao adversário. No entanto, o destino já estava traçado: o Paraná Clube está de volta à elite do futebol brasileiro!

FICHA TÉCNICA

SÉRIE B
2º Turno – 37ª Rodada

CRB 0x1 PARANÁ CLUBE

CRB
Edson Kölln; Eduardo (Neto Baiano), Flávio Boaventura (Audálio), Gabriel e Diego; Yuri, Rodrigo Souza, Edson Ratinho e Tony; Chico e Zé Carlos (Clebinho).
Técnico: Mazola Júnior

PARANÁ
Richard; Cristovam, Iago Maidana, Eduardo Brock e Rayan; Leandro Vilela (Gabriel Dias), Vinícius Kiss, Zezinho (Alemão) e Renatinho; Vitor Feijão (Felipe Alves) e Robson.
Técnico: Matheus Costa

Local: Rei Pelé (Maceió-AL)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ)
Gol: Audálio (contra), 17 do 2º.