O Paraná Clube vai chegar reforçado para decidir a classificação para a final da Taça Caio Júnior do Campeonato Paranaense, neste domingo (25), às 16h, na Vila Capanema, diante do Londrina. O técnico Rogério Micale terá os retornos importantes do lateral-esquerdo Mansur e do atacante Diego Gonçalves para encarar o Tubarão. A meta do Tricolor é manter o bom momento e garantir a vaga na final do segundo turno do Estadual.

Veja como ficou a classificação final da Taça Caio Júnior

“Temos que aproveitar o máximo possível esse momento. Temos que colocar isso nessa partida. Esses resultados positivos deram uma tranquilidade bacana para nós. Esse jogo será a prova de tudo que a gente vem treinando para conseguir a vitória”, apontou Mansur.

O treinador paranista, se tem retornos importantes, por outro lado, segue ainda sem contar com o volante Jhonny Lucas, que está servindo a seleção brasileira Sub-20. Além dele, outro desfalque será o zagueiro Neris. O defensor do Paraná, que vive uma fase de regularidade no Tricolor, foi vetado pelo departamento médico por conta de uma lesão muscular na coxa.

Defesa

Assim, a defesa do time vai modificada para encarar o Londrina. Sem Neris, o companheiro de zaga de Rayan deve ser Márcio. Na lateral-esquerda, com a volta de Mansur, Igor, que não teve uma boa atuação diante do Maringá, volta a ficar como opção no banco de reservas para o decorrer do jogo.

O setor ofensivo da equipe deve ter mudanças para o duelo decisivo contra o Londrina. O meia-atacante Marcelo Baez pode deixar a equipe para o retorno de Diego Gonçalves. Assim, o jogador, que retorna de suspensão, atuaria pelo lado do campo junto com Vitor Feijão, e Thiago Santos, titular diante do Maringá, no meio de semana, permaneceria atuando na referência.

Não perca a exposição “Apaixonados por futebol” no Shopping Cidade

Assim, para o duelo único e decisivo valendo a vaga na final do segundo turno do Paranaense, o técnico Rogério Micale deve mandar o Paraná a campo com Richard; Alemão, Márcio, Rayan e Mansur; Wesley Dias, Leandro Vilela, Carlos Eduardo e Marcelo Baez (Thiago Santos); Vitor Feijão e Diego.