Praticamente garantido na Série B do Campeonato Brasileiro da próxima temporada, o Paraná Clube inicia neste sábado (5), às 19h30, diante do Avaí, na Ressacada, em Florianópolis, a luta para terminar a temporada da melhor maneira possível. Próximo de registrar sua pior participação na competição nacional, o Tricolor vai encarar seu adversário mais difícil desta reta final da Segundona, já que a equipe catarinense está no G4 e é uma das candidatas ao acesso.

Apesar de ainda não estar livre do rebaixamento matematicamente, o técnico Roberto Fernandes mantém os pés no chão e evita o clima de relaxamento. O comandante, mais do que garantir definitivamente o clube na Série B de 2017, quer ver o Paraná somando o maior número de pontos possíveis nessa reta final da Segundona.

“Não é apenas escapar do rebaixamento, mas fazer o melhor nesta reta final. Tratei o jogo passado como decisão e a partida contra o Bragantino era uma divisor de águas. Por isso, esse jogo era chave e os atletas entenderam a mensagem. Conseguimos a vitória que se configurou em um placar elástico, demos um passo importante, mas ainda não acabou. A obrigação é buscar a maior quantidade de pontos”, apontou Fernandes, em entrevista à rádio Banda B.

O duelo contra o Avaí vai marcar também o reencontro com o técnico Claudinei Oliveira, que foi o comandante do Tricolor na disputa do Campeonato Paranaense e nas oito primeiras rodadas da Série B. O zagueiro João Paulo acredita que a equipe catarinense leva vantagem pelo fato do treinador conhecer a maioria do grupo paranista.

“O Claudinei conhece todos os jogadores que estão aqui e eles levam vantagem em cima disso. O professor (Roberto Fernandes) trabalhou com alguns jogadores deles e, ali no campo, a gente acaba acertando taticamente e no final vale a vontade de sair vitorioso de lá”, emendou João Paulo.

O técnico Roberto Fernandes deve manter o time que venceu o Bragantino por 4×1, na última sexta-feira, na Vila Capanema. O zagueiro Alisson está à disposição, mas a dupla de zaga deve ser formada mais uma vez pelos zagueiros Pitty e João Paulo. O zagueiro Leandro Silva deve ser mantido na lateral-direita, porém, durante a partida, até para dar mais sustentação ao setor de contenção do time paranista, o jogador pode passar para o meio para atuar ao lado de Anderson Uchôa. Assim, Diego Tavares passaria a jogar na lateral-direita. Na criação, Cristian deve ser mantido para atuar ao lado de Nadson. O ataque deve ser formado de novo por Lúcio Flávio e Fernando Karanga.

Ficha técnica

SÉRIE B
2º Turno – 34ª Rodada

Avaí x Paraná Clube

Avaí
Renan; Luiz Gustavo (Alemão), Fábio Sanches, Gabriel e Capa; Judson, João Filipe, Diego Jardel e Marquinhos; Romulo e Tatá.
Técnico: Claudinei Oliveira

Paraná Clube
Marcos; Leandro Silva, Pitty, João Paulo e Rafael Carioca; Anderson Uchôa, Cristian, Nadson e Diego Tavares; Lúcio Flávio e Fernando Karanga.
Técnico: Roberto Fernandes

Local: Ressacada (Florianópolis-SC)
Horário: 19h30
Árbitro: Luiz César de Oliveira Magalhães (CE)
Assistentes: Marcione Ribeiro (CE) e Armando Lopes de Sousa (CE)