Poucos jogadores contratados pelo Paraná Clube na montagem do elenco 2019 apresentaram resultados convincentes. Dos 19 atletas trazidos como apostas para deixar o time competitivo, não foram muitos que se fixaram na titularidade. Agora, restando apenas a Série B do Campeonato Brasileiro pela frente, o técnico Matheus Costa, recentemente anunciado pelo clube, terá o desafio de trabalhar da melhor forma com o que tem em mãos, além de precisar apostar todas suas fichas nos últimos reforços que chegarão para a Segundona.

Da defesa ao ataque é possível contar nos dedos os jogadores que tiveram destaque no Tricolor nesses meses iniciais da temporada. O time disputou a Copa do Brasil, competição em que foi eliminado na segunda fase, e o Campeonato Paranaense, disputa em que não chegou à semifinal nem na primeira nem na segunda fase. Os resultados ruins deixaram em evidência as deficiências do elenco paranista.

+ Leia mais: Paraná Clube vai mudar de fornecedor de uniforme

No gol, Alisson foi contratado às pressas por conta de uma lesão do titular Thiago Rodrigues. Ele chegou a atuar em três partidas, mas com o retorno do titular ficou sem espaço. Outro arqueiro que chegou este ano, Filipe sequer atuou até o momento.

Na zaga, as novidades foram Eduardo Bauermann, Fernando Timbó, Matheus Lopes, Leandro Almeida e Rodolfo. Timbó e Bauermann nunca foram unanimidades entre os 11 iniciais e Matheus Lopes não entrou em campo até o momento. Leandro Almeida ainda trabalha para conquistar seu espaço. Desses, sem dúvidas, Rodolfo foi a grata surpresa. O jogador fez boas atuações, mas acabou sendo preterido pelo ex-técnico, Dado Cavalcanti, nas últimas partidas.

+ Confira também: Tricolor deve ter cinco reforços pra Série B

Nas laterais, chegaram à Vila Capanema Éder Sciola e Sueliton na direita e Guilherme Santos na esquerda. Ainda que Sciola tenha participado de 12 partidas até o momento e Guilherme de nove, ambos, volta e meia são criticados pela torcida.

Os contratados para a meia cancha foram os volantes Alejandro Márquez, Jeferson Lima e Kadu e os meias Higor Leite, Itaqui, Fernando Neto e Jhemerson. O nome de destaque no setor é Fernando Neto, que se mostrou uma importante peça do time. Com articulações de jogadas e qualidade nos passes, o jogador é presença certa entre os titulares.

+ Relembre: Foi a primeira entrevista do presidente em quatro meses

No ataque, os reforços foram Caio Rangel e Jenison, este último um dos grandes acertos do time. O jogador fechou sua participação no Campeonato Paranaense com cinco gols. Na temporada, o centroavante tem oito tentos.

Ainda que o elenco possa até parecer inchado com muitos nomes, mas poucos resultados, o novo técnico paranista quer explorar a capacidade dos atletas e começar a novamente as avaliações individuais. “Eu disse para todos. São 33 atletas de linha mais os goleiros (no elenco). Todos vão começar do zero. Vamos colocar nossos conceitos e o que temos de convicção”, explicou o treinador.

+ Agende-se: Confira a tabela da Série B do Brasileirão

Não há espaços para erros no Paraná Clube e, por isso, os poucos reforços prometidos para a Segundona precisam vir para somar ao grupo. “Estamos buscando alguns reforços específicos. A princípio, quatro ou cinco jogadores”, finalizou Matheus Costa. O Paraná Clube volta a campo somente no 27 de abril, contra o Vila Nova, às 21h, pela primeira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Confira a lista de reforços do Paraná Clube na temporada 2019:

Goleiros: Alisson e Filipe
Laterais: Éder Sciola, Sueliton e Guilherme Santos
Zagueiros: Fernando Timbó, Rodolfo, Matheus Lopes, Leandro Almeida e Eduardo Bauermann
Volantes: Jeferson Lima, Alejandro Márquez e Fernando Neto
Meias: Higor Leite, Itaqui e Jhemerson
Atacantes: Jenison e Caio Rangel

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!