Um dos destaques da campanha do acesso do Paraná em 2017, o lateral-direito Cristovam possui contrato com o Tricolor até o final desta temporada, mas deve seguir emprestado ao Guarani.

O vínculo do jogador com o Bugre vai somente até a próxima quinta-feira. Porém, há interesse da diretoria do clube paulista em sua permanência até o final do ano. No momento, o Guarani arca com os salários do atleta, que disputou apenas cinco partidas com a camisa alviverde – apenas uma como titular.

O futuro de Cristovam segue indefinido, pois seu salário é acima dos padrões do Tricolor. Por conta da pandemia do coronavírus, a posição da diretoria paranista é que os assuntos de negociações sejam tratados somente com o retorno do futebol brasileiro.

Em entrevista recente à Rádio Banda B, o lateral destacou que se tiver que retornar ao Paraná, “volta com carinho”. Atualmente, o elenco paranista só conta com Paulo Henrique para a posição, já que Rafael França retornou ao Vasco da Gama.

+ Mais do Paraná:

+ Governo muda o tom e dirigentes veem pressão por volta do futebol
+ Cristian Toledo: Não podemos colocar o carro na frente dos bois na volta do futebol
+ Globo propõe a redução no pagamento de cotas aos clubes do Brasileirão