Os quatro pontos conquistados nos últimos dois jogos contra Sampaio Corrêa, na Vila Capanema, e Oeste, em Osasco, diminuíram mais uma vez as chances de rebaixamento do Paraná Clube na Série B. O Tricolor, que depois dos sete jogos que ficou sem vencer na competição, viu suas chances de cair para a Série C chegarem a quase 30%, agora tem apenas 17% de jogar a Terceirona na próxima temporada, segundo o site Chance de Gol.

Com 30 pontos, o time paranista vai buscar, o mais rápido possível, conquistar mais 15 para afastar qualquer risco de queda. Assim, pelo menos por enquanto, sobretudo pelas atuações ruins do Tricolor na Série B, falar sobre acesso está proibido no Paraná. Ainda de acordo com o site especializado, as chances do time de Marcelo Martelotte jogar a Série A em 2017 não é nem de 1%.

Para buscar novos trilhos e evitar a décima participação seguida na Segundona, em 2017, a aposta do comandante paranista é na sequência de dois jogos em casa. Depois de enfrentar o Londrina, sábado (10), o Tricolor terá pela frente o Vila Nova, na próxima terça-feira (13), também na Vila Capanema.

“O time não desistiu de novo, é uma demonstração que há um tempo o time não dava. Diante disso a gente acredita em uma melhora, principalmente nas partidas agora que temos em casa. A pontuação não foi ruim, quatro pontos em um jogo em casa e outro fora. Uma coisa é a análise do resultado, outra o que foi feito. Saímos com o copo meio vazio, mas a metade cheia é que você leva o ponto somado, e agora poder jogar duas em casa”, aposta Martelotte.

Atualmente, na classificação da Série B, o Paraná está mais perto da zona de rebaixamento do que do G4. São oito pontos atrás do CRB, primeiro time da área de acesso, e seis de vantagem para o Bragantino, que é a primeira equipe na área de risco do certame.