O Paraná renovou nesta quarta-feira (27) o contrato do volante Luan até o final da temporada de 2020. O jogador, que foi contratado pelo clube no ano passado, se lesionou no duelo contra o São Bento, em Sorocaba, em agosto, e acabou sendo submetido a uma cirurgia no joelho, ficando de fora do restante dos jogos.

“Toda lesão é complicada. É a pior coisa que pode acontecer com um atleta. Foi uma contusão grave, que precisou de seis a oito meses de recuperação. Porém, foi muito mais fácil do que a minha primeira lesão, quando ocorreu em Portugal há sete anos atrás. Na época estava sozinho e foi bem complicado”, disse o volante, em entrevista à Tribuna.

Logo depois da cirurgia, o volante iniciou o processo de recuperação no Tricolor e agradeceu o apoio do clube. “O Paraná deu todo o suporte e estrutura. Graças a Deus, agora estou recuperado e 100% para dar sequência na carreira”, frisou o jogador.

Com a prorrogação de vínculo até o final do ano, Luan espera ter mais oportunidades, agora com o técnico Allan Aal. “Estou muito motivado com essa renovação, ansioso para a volta dos treinamentos para retornar aos jogos. Quero alcançar nossos objetivos, com a classificação no Paranaense, Copa do Brasil e o acesso”, concluiu o volante.

+ Mais do Tricolor:

+ Londrina critica volta do futebol em meio à pandemia do coronavírus
+ “Cruzeiro vive situação difícil, mas merece respeito”, diz técnico do Paraná
+ Paraná testa elenco contra o coronavírus antes da volta aos treinos


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?