O Paraná Clube não passou de um empate sem gols com o América-MG na noite deste sábado (3), na Vila Capanema. Mesmo com o time somando mais um ponto na tabela, a torcida não gostou do resultado e vaiou os jogadores no apito final do árbitro. O único poupado foi Thiago Rodrigues, que foi aplaudido por ter fechado a meta.

O Tricolor começou acuado, sem conseguir sair pro jogo devido à forte marcação do Coelho. Tanto que a primeira chance do time foi aos nove minutos, na tentativa de cruzamento fechado de Éder Sciola, mas o goleiro Jori se antecipou pra fazer a defesa.

Já o Coelho deu o primeiro susto na defesa paranista apenas aos 20, quando Matheusinho deixou Eduardo Bauermann pra trás e a bola terminou nos pés de Belusso, que chutou firme, para a boa saída de Thiago Rodrigues. O lance animou a equipe mineira, que na sequência conseguiu dois escanteios, mas o Tricolor se safou. Aos 25, Matheusinho foi à linha de fundo e cruzou redondo, mas Belusso, livre de marcação, chegou atrasado.

+ Veja como foi Paraná x América lance a lance

Não demorou pra pressão do Coelho refletir no comportamento dos torcedores presentes na Vila Capanema. Irritada com os erros de passe do time e com o crescimento do adversário no jogo, as vaias começaram a ecoar na casa paranista.

Paraná não passa de empate com o Coelho. Foto: André Rodrigues
Paraná não passa de empate com o Coelho. Foto: André Rodrigues

Para tentar mudar o comportamento do time, o técnico Matheus Costa decidiu mexer, com apenas meia hora de bola rolando. Ele sacou o capitão Itaqui para colocar Caio Monteiro em campo, deixando o time com uma pegada mais ofensiva.

Mais aberto, o Tricolor ficou mais vulnerável e por muito pouco o Coelho não abriu o placar aos 31. Felipe Azevedo cruzou pra área na saída de Thiago Rodrigues e Willian Maranhão perdeu chance incrível: chutou por cima da meta com o gol aberto.

+ Confira a classificação da Série B!

A melhor jogada paranista no primeiro tempo foi já aos 40. Rodrigo Porto avançou pela direita e experimentou um chute cruzado, mas ninguém apareceu para aproveitar o lance e a bola saiu pela linha de fundo. Já nos descontos, Jenison chegou a marcar, mas o árbitro apontou o impedimento do atacante.

Enquanto os jogadores voltavam pros vestiários, o atacante Jonathan Belusso seguia para o hospital. Em um lance com o zagueiro Rodolfo, ele desmaiou e ficou desacordado por 30 segundos. Quando recobrou a consciência, ele quis voltar, mas acabou passando mal de novo e foi levado do estádio para fazer exames.

Segunda etapa

O Paraná voltou pro segundo tempo com mais empenho, mas ainda pecando nos passes. E tomou um susto aos 13 minutos, quando após levantamento na área, Juninho subiu sozinho e forçou Thiago Rodrigues a tirar no soco. O goleiro levou cartão amarelo após o lance por reclamação.

Com a falta de efetividade de Jenison na linha de frente Tricolor, Matheus Costa deu passagem a Rafael Furtado, em sua estreia na equipe profissional paranista. E em seu primeiro lance, ele quase deixou o dele depois do passe de Guilherme Santos, mas Ricardo Silva tirou na risca. Mais objetivo no jogo, agora sim fazendo o papel de dono da casa, o Tricolor passou a atacar mais, dando ao Coelho a função de jogar nos contra-ataques.

Aos 25, Rodrigo Porto fez mais uma boa jogada em profundidade e cruzou da linha de fundo na medida para Caio Monteiro, mas o cabeceio saiu por cima da meta. Cinco minutos mais tarde, ele teve nova chance pelo alto, mas a bola parecia não querer entrar.

Mesmo com menos volume de jogo, o Coelho deu um susto enorme no Tricolor aos 35, quando por muito pouco João Paulo não abriu o placar. Pra sorte do Paraná, a bola estourou na defesa e, no rebote, Júnior Viçosa não conseguiu chegar na bola.

Já nos descontos, Rafael Furtado teve mais uma chance do jogo, mas o cabeceio saiu rente à trave direita. Na resposta, o Coelho pediu pênalti de Bauermann em Neto Berola, mas o árbitro nada marcou. Berola ainda teve tempo de chegar mais uma vez com perigo, mas o placar terminou zerado.

Ficha Técnica

SÉRIE B
1º Turno – 14ª Rodada

PARANÁ CLUBE 0x0 AMÉRICA-MG

Paraná
Thiago Rodrigues; Eder Sciola, Eduardo Bauermann, Rodolfo e Guilherme Santos; Luiz Otávio, Itaqui (Caio Monteiro) e Fernando Neto; João Pedro, Rodrigo Porto (Alesson) e Jenison (Rafael Furtado).
Técnico: Matheus Costa

América-MG
Jori; Diego Ferreira, Paulão, Ricardo Silva e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho, William Maranhão; Felipe Azevedo, Matheusinho e Jonatas Belusso (Júnior Viçosa).
Técnico: Felipe Conceição

Local: Vila Capanema
Árbitro: Rafael Martins Diniz (DF)
Assistentes: Ciro Chaban Junqueira (DF) e Lehi Sousa Silva (DF)
Cartões amarelos: Thiago Rodrigues, Fernando Neto, Éder Sciola (PAR); Ricardo Silva, Paulão, Zé Ricardo (AME)
Público pagante: 4.266
Público total: 5.524
Renda: R$ 100.915

 

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre futebolentretenimentohoróscopo, nossos blogs exclusivos e os Caçadores de NotíciasVem com a gente!