O presidente do Paraná Clube, Leonardo Oliveira, elogiou a volta aos treinamentos dos clubes paranaenses após aval da Secretaria de Saúde do Estado, na última segunda-feira (25).

No entanto, o mandatário tricolor acredita que ainda é muito cedo para se falar no retorno dos jogos do Campeonato Paranaense.

“Nos treinamentos, você tem circulação de pessoas, mas em um grupo menor, orientado. Todos os atletas e profissionais fizeram testes e foram vacinados também contra a gripe H1N1. Todos foram orientados pelos nossos fisiologistas sobre a conduta que devem ter daqui pra frente”, disse Oliveira, em entrevista à Rádio Banda B.

“Para voltar a jogar, você volta para um universo de trânsito de pessoas muito maior e não vai ter segurança neste momento. O próprio secretário de saúde foi claro, neste momento, o que podemos fazer é voltar aos treinamentos. Falar em jogos agora é inoportuno”, reforçou.

O Tricolor fez testes de coronavírus em seu elenco na última quarta-feira (27). A expectativa de volta aos treinos no CT Ninho da Gralha é na próxima segunda-feira (1º).

“Não há ambiente mais seguro para que os atletas realizem atividades físicas que os CTs de clubes profissionais de futebol”, disse Oliveira.

+ Podcast De Letra: PVC é o convidado da semana!

Sobre o Paranaense, paralisado após a rodada final da primeira fase, o presidente destacou que o campeonato servirá muito mais como experiência desta nova realidade do futebol brasileiro e preparação para a Série B.

Presidente da Federação Paranaense de Futebol (FPF), Hélio Cury já declarou que espera retomar a disputa estadual na segunda quinzena de junho, ou seja, em cerca de duas semanas.

“Neste momento, a importância é a adaptação. Acho que o campeonato ganha importância maior que o próprio título, mas sim de adaptar os clubes à condição de se expor ao convívio novamente com outros jogadores, num ambiente mais seguro que é o do estado do Paraná”, complementou, citando o menor número de casos aqui do que em outros estados do país.

Nesta quinta-feira, o estado do Paraná já ultrapassa 1500 casos de coronavírus, com 159 mortes.

+ Mais do Tricolor:

+ Paraná renova contrato de Luan até o final da temporada
+ “Cruzeiro vive fase difícil, mas merece respeito”, diz técnico do Paraná
+ Allan Aal afirma que Paraná não fará loucuras na Série B


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?