O Paraná vai a Salvador enfrentar um dos candidatos ao acesso. Contra o Bahia, às 21h50, na Fonte Nova, o Tricolor vai mudar três peças do time titular para tentar conquistar a segunda vitória na Série B. É o primeiro jogo após a saída de Lúcio Flávio, grande ídolo da torcida e principal jogador do time.

“Nós temos que ter um pouquinho mais de personalidade e defender bem, além de não cometer esses erros individuais. Estamos diminuindo isso a cada dia que passa. É uma equipe em formação e temos que trabalhar e corrigir para que esse tipo de situação não ocorra mais. Temos que marcar forte e jogar com velocidade”, pediu o técnico Nedo Xavier.

Insatisfeito com os últimos desempenhos, o comandante decidiu alterar algumas peças. O zagueiro Rodrigo, com falhas nos jogos anteriores, discutiu com o goleiro Wendel e o auxiliar-técnico Fernando Miguel no treino de quarta e foi expulso – perdendo a posição para Léo Coelho. Outro que sai é Yan para a entrada de Fernandes, que faz sua estreia.

“O Fernandes é um jogador que tem velocidade, um bom domínio, e a gente precisa trabalhar mais por esse lado”, confirmou o treinador.

A última alteração é no ataque. Fernando Viana, que marcou o gol e foi expulso na rodada passada, está suspenso. Mesmo relacionado dois jogadores de referência (Yan Philippe, Paulo Henrique), o treinador optou por colocar o meia Marcos Paraná na vaga para preencher o meio-campo, isolando Henrique na frente para explorar jogadas rápidas. “São mudanças tentando acertar, né”, finalizou Nedo Xavier.