Aos poucos, o técnico Rogério Micale vai dando cara ao novo Paraná Clube para a sequência do Campeonato Brasileiro. O Tricolor volta a campo na próxima quarta-feira (18), quando encara o Vitória, no Barradão, e, pelo que apresentou no amistoso contra o River Plate, do Uruguai, o time terá novidades, mas possivelmente sem os reforços já como titulares.

Até aqui, o Paraná Clube contratou apenas dois jogadores nesta intertemporada, o meia Nadson e o meia-atacante Rodolfo. Diante dos uruguaios, Nadson sequer foi relacionado, por causa de uma gripe, mas deve estar à disposição para jogar na semana que vem. Já Rodolfo entrou no segundo tempo, embora tenha treinado este período entre os titulares, mas foi sacado por uma incerteza quanto à sua utilização contra o Vitória.

“Eu precisava fazer testes, conhecer alguns jogadores, testar sem esse homem de referência. Então todos os testes foram válidos. A entrada do Rodolfo também, é um jogador que a gente conta muito, não sei se teremos tempo para inscrevê-lo pro jogo contra o Vitória e por isso ele entrou no segundo tempo”, explicou o treinador.

Como Rodolfo veio de fora do país, estava atuando nos Emirados Árabes Unidos, e a janela de transferências internacionais só abre no Brasil a partir de segunda-feira (16), existe a dúvida quando à regularização do atleta na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Confira a classificação completa do Brasileirão

Tanto ele, quanto Nadson, em princípio, seriam titulares do Tricolor neste retorno, mas pela escalação diante do River Plate e, principalmente, pela aprovação do Micale em relação à postura da equipe, a disputa segue indefinida.