Agora é decisão. São 90 minutos apenas para chegar à final da Taça Caio Júnior do Campeonato Paranaense. No Paraná Clube, errar é proibido. É com esse espírito que o time paranista se prepara para o duelo da semifinal diante do Londrina, neste domingo (25), às 16h, na Vila Capanema. Sem perder há cinco jogos, o Tricolor colocará a prova seu primeiro bom momento que vive na temporada.

Um dos jogadores mais importantes e experientes do elenco, o goleiro Richard, acostumado a enfrentar o Londrina desde o ano passado, sabe o caminho das pedras para chegar à decisão e prevê mais um duelo complicado diante do Tubarão.

“A decisão precisa ser encarada dessa forma, com muito seriedade e muito foco. Temos que nos impor. Decisão é imposição. A gente vai estar diante do nosso torcedor e temos que nos impor para fazer um grande jogo e sair com a vaga na final”, cravou ele.

Para muitos, o duelo entre Paraná Clube e Londrina já virou um clássico do futebol paranaense. Richard preferiu deixar essa polêmica de lado, mas garantiu que será uma parada difícil para o Tricolor na luta por uma vaga à decisão do segundo turno do Campeonato Paranaense.

“Esse jogo é um clássico, vocês da imprensa tem falado. Não sou daqui e não faz um ano que estou no Estado. É um jogo importante, diante de um time grande e será um jogo difícil. Acredito que será um grande jogo, sabemos de tudo que o Londrina oferece aos seus jogadores. Eles sempre fazem grandes jogos contra times da capital, mas esperamos fazer uma excelente partida junto do nosso torcedor”, comentou.

A expectativa é de que, pela primeira vez em 2018, a Vila Capanema possa receber um grande público. O goleiro entende que a ausência do torcedor até agora aconteceu por conta da campanha ruim do time na temporada, mas confia no retorno da torcida.

“A gente entende o torcedor. Por conta da nossa campanha, que não vinha sendo muito boa, o torcedor acabou se afastando do estádio, mas creio que, com essa arrancada, o nosso torcedor vai voltar a comparecer e precisamos muito deles no domingo”, concluiu.