A derrota do Paraná, de virada, por 2 a 1 para o FC Cascavel foi recebida com muita indignação por parte da torcida. Os 1.271 pagantes que foram à Vila Capanema, na noite desta quinta-feira (30), protestaram com fortes gritos de ‘vergonha, vergonha’.

Assista todos os gols da 4ª rodada do Paranaense; eleja o golaço da rodada!

O zagueiro e capitão Fabrício disse entender a manifestação do torcedor e acredita que a equipe precisa se reerguer.

“A gente tem que ter consciência, a torcida tem razão de falar ‘vergonha’. A gente tem que abaixar a cabeça e trabalhar o dobro para recuperar. Ter humildade e aceitar que foi um jogo horrível”, admite Fabrício.

Já o técnico Allan Aal acredita que as manifestações aconteceram pela frustração do revés e não pelo desempenho do time, que para ele, buscou a vitória.

O Tricolor saiu na frente e tinha um jogador a mais desde os 20 minutos do segundo tempo, mas não soube aproveitar a vantagem. Para piorar, sofreu o gol da derrota no último minuto. O time tem apenas uma vitória até aqui na competição. Com o resultado a equipe fica fora do G8, a área de classificação.

TABELA: Veja os próximos jogos e a classificação do Paranaense

“Se tivéssemos feito um primeiro tempo ruim, jogado mal, se não tivermos ido atrás do gol, aí sim poderíamos analisar essa crítica não só pelo resultado”, analisou o treinador.

+ Saiba como assistir aos jogos do Paranaense pelo celular, computador ou Smart TV

+ Mais do Paraná

+ Paraná 1×2 FC Cascavel: Veja os gols do jogo
+ Paraná perde para o FC Cascavel no último minuto