Numa partida muito difícil, como esperava o técnico Wagner Lopes, o Paraná Clube contou com a ousadia de Guilherme Biteco e Renatinho para vencer o J. Malucelli e retomar a liderança do Campeonato Paranaense. O Tricolor venceu as dificuldades do gramado, a chuva e um rival duro neste domingo (12), mostrando o rápido amadurecimento dos Meninos da Vila.

O Paraná queria impor seu jogo típico das partidas da Vila Capanema, e por isso veio com o time considerado titular. Renatinho estava no meio, Ítalo estava na frente, e pela primeira vez como titular, Matheus Carvalho tinha os dois o acompanhando. No plano de Wagner Lopes, a equipe que começava a partida era a base. Só que do outro lado o J. Malucelli tinha decidido que não iria ficar esperando e jogando no contra-ataque. Resolveu encarar.

E passou a dominar o jogo. Com uma equipe mais entrosada, o Caçula tinha mais ajuste na marcação, e aí o Paraná não tinha por onde jogar. Matheus Carvalho não jogava bem, Ítalo e Renatinho mal apareciam, a bola só chegava na frente na base do chutão. Do outro lado, Paulinho Oliveira e Tomas eram os donos do jogo. Até Eltinho, hoje um lateral mais defensivo, aparecia com tranquilidade no ataque.

Aos poucos, começou a ter espaço para chutar. E Léo teve que trabalhar em arremates de Rafael Santiago, Paulinho e principalmente de Tomás, quando o goleiro se esticou todo para fazer a defesa e salvar o Paraná Clube. Os donos da casa não tiveram em 47 minutos nenhuma possibilidade de gol
.
Segundo tempo

O Jotinha tentou voltar da essa forma, mas o Paraná Clube tinha como meta, dada por Wagner Lopes, aproximar mais a marcação e evitar que os visitantes tivessem o espaço que tiveram. Aos poucos, com o crescimento de Gabriel Dias e de Alex Santana (que entrou no lugar de Leandro Vilela), o Tricolor foi se acertando. E a coisa ajustou de vez quando Guilherme Biteco apareceu na vaga de Matheus Carvalho.

O jovem meia trouxe a velocidade e a ousadia que estavam faltando ao Paraná Clube. E tinha que sair dele o lance do gol. Aos 19 minutos, Biteco fez um lindo lançamento para Renatinho, que mostrou de novo sua qualidade e tocou de primeira, surpreendendo Fabrício e resolvendo a partida. Se não era possível na tática, foi na técnica e na surpresa que o Tricolor venceu o perigoso Jotinha e voltou à liderança do Paranaense.

PARANAENSE
1ª Fase ­ 4ª Rodada

PARANÁ CLUBE 1×0 J. MALUCELLI

Paraná
Léo; Diego Tavares, Aírton, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela (Alex Santana), Gabriel Dias e Renatinho; Vítor Feijão (Felipe Alves), Ítalo e Matheus Carvalho (Guilherme Biteco).
Técnico: Wagner Lopes

J. Malucelli
Fabrício; Cristovam, Alex Fraga, Tiago Alencar e Eltinho; Wellington, Paulinho Oliveira (Netinho) e Tomás (Diogo); Getterson, Rafael Santiago e Jenison (Guilherme Parede).
Técnico: Luciano Gusso

Local: Durival Britto
Árbitro: Nilo Neves de Souza Júnior
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa) e Wesley Marmitt
Gol: Renatinho 19 do 2o
Cartões amarelos: Diego Tavares, Gabriel Dias (PR); Tiago Alencar, Eltinho, Netinho, Getterson (JM)
Renda: R$ 71.985,00
Público pagante: 3.004
Público total: 4.035