Apesar da derrota sofrida para o Vila Nova por 3×2, na noite de terça-feira (11), no Serra Dourada, em Goiânia, o Paraná Clube conseguiu aumentar seu poder de fogo. O Tricolor, depois de sair perdendo por 3×0, marcou duas vezes e por pouco não buscou o empate. O crescimento da produtividade do setor ofensivo tem muito a ver com as peças que chegaram para reforçar o time, como o meia João Pedro, além dos atacantes Alemão e Rafhael Lucas.

Comandante do Paraná neste compromisso, já que o técnico Cristian de Souza cumpriu suspensão, o auxiliar Matheus Costa destacou a importância da chegada desses reforços. Para ele, o grupo, a partir de agora, tem muito a crescer para voltar a brigar na parte de cima da classificação da Série B do Campeonato Brasileiro.

“São jogadores muito importantes para a nossa equipe, já estão contribuindo apesar do pouco tempo, e aos poucos vão se adaptando. O João Pedro já atuou 90 minutos, confiamos bastante neles, e o Alemão consegue segurar a bola lá no ataque e ainda cria situações de perigo. Chegaram para melhorar o grupo e temos certeza que vamos sair desta situação, dar a volta por cima e brigar pelo G4”, declarou Costa.

Com João Pedro na criação e as entradas de Minho e Alemão, o Paraná foi mais ofensivo no segundo tempo. O time paranista encostou no placar já na reta final do jogo e rondou a área do Vila Nova diversas vezes em busca do empate. Matheus Costa elogiou o empenho da equipe tricolor, apesar do resultado negativo.

Confira a tabela completa da Série B!

“Acredito que no segundo tempo a gente iniciou com a proposta que era do jogo e criamos chances de gols. Demos a oportunidade do adversário fazer o terceiro gol. Não posso deixar de mencionar a luta e o empenho”, arrematou.