O assunto sobre o Paraná em busca da premiação da Copa do Brasil é cansativo, mas inevitável. No próprio clube se admite que a grana do mata-mata nacional pode significar uma temporada mais produtiva por conta das finanças apertadas. Contra o Botafogo, pela terceira fase, nesta terça-feira (10), no Nilton Santos, não será diferente.

Se o Paraná passar do clube carioca irá embolsar R$ 2 milhões. E não se engane. Para a situação atual do clube, este valor é significativo. Será o primeiro adversário de peso que o Tricolor enfrenta na competição.

Os adversários foram o Palmas, na fase inicial, e o Bahia de Feira de Santana, na épica virada na Vila Capanema, pela segunda fase. Por chegar à terceira fase, o Paraná já ganhou 2,69 milhões. Ou seja, uma classificação garante o total de 4,69 milhões de prêmios.

A diferença é que na terceira fase, os jogos são de ida e volta. O primeiro é no Rio de Janeiro. A volta, em Curitiba, será na quarta-feira (18). A CBF marcou a partida para a Vila Capanema, mas existe a possibilidade do jogo ser no Couto Pereira.

Se chegar à quarta fase, o adversário será definido em sorteio. A quarta fase é a última e a que define os cinco classificados para as oitavas de final, que já tem outros 11 clubes garantidos.

+ Mais do Tricolor

+ Técnico do Paraná está confiante para encarar o Botafogo
+ Atacante do Paraná leva dura do técnico após provocar a torcida
+ Empresário quer levar Paraná x Botafogo para o Couto Pereira
+ Veja os gols de Paraná 2 x 0 União