Paralisado desde a metade de março, como consequência da pandemia do novo coronavírus, o Paranaense 2020 poderia ser retomado com portões fechados e sede única em Curitiba. Pelo menos essa é a proposta do presidente do Londrina, Felipe Prochet, que conta com apoio de todos os clubes do interior do Estado.

Em ofício enviado à Federação Paranaense de Futebol (FPF) nessa quinta-feira (16), o dirigente sugere que a fase final do Estadual seja retomada com “estrutura mínima de logística e de representação de equipes envolvidas, com um Protocolo de Ação baseado em Notas Técnicas da autoridade sanitária estadual”. No entanto, não há nenhuma previsão de data para o reinício do campeonato.

Prochet sugere jogos na Arena da Baixada, Couto Pereira e Vila Capanema e, de maneira extraordinária, no inativo Janguito Malucelli.

“As equipes do interior Londrina, Cianorte e Cascavel estariam sediadas durante o período na região, pois os jogos seriam em até 48 horas entre eles e horários diversos, pois os estádios possuem iluminação adequada para prática noturna”, disse trecho da carta encaminhada pelo Tubarão ao presidente Hélio Cury.

A reportagem entrou em contato com as equipes do Interior classificadas ao mata-mata (FC Cascavel, Rio Branco, Cianorte e Operário). Todas encampam a ideia.

+ Mafuz: Suspensão de pagamento no Athletico e mentiras do Paraná!

“Acredito que comportaria melhor, seria a melhor opção. Devido a estádios e logística”, comentou o presidente do Conselho Deliberativo do Rio Branco, Itamar Bill.

“Independente do lugar, o Operário apoia. Vamos no que todos acharem melhor. Acho que poderia ser um jogo atrás do outro no estádio do Athletico, que tem grama sintética”, disse o presidente do conselho gestor do Fantasma, Álvaro Góes.

A reportagem apurou que o Athletico não tem opinião formada sobre a questão e que o time só entrará em campo novamente quando “não existir risco para vidas humanas”.

+ Podcast De Letra: Qual é o melhor time da história do futebol paranaense?

Procurados, Coritiba e Paraná Clube ainda não se manifestaram, assim como Cury. A FPF está em recesso desde quarta-feira (15), poucos dias após voltar de seus funcionários voltaram de férias coletivas.

O Estadual tem ainda 14 jogos em aberto. Oito pelas quartas de final, quatro das semifinais e outros dois das finais. Os clubes rebaixados, PSTC e União, já foram definidos.

+ Mais do futebol paranaense:

+ Reflexo da paralisação, Athletico não paga direito de imagem do elenco
+ A história da camisa eleita a mais bonita pela torcida do Coritiba
+ Paraná tem cinco jovens atletas com contrato se encerrando