No último dia 25, na cidade holandesa de Emmen, o mesatenista curitibano Luiz Algacir aumentou sua coleção de medalhas. Desta vez, sua conquista foi o 1.º Campeonato Europeu de Tênis de Mesa Paraolímpico, disputado pelas duas escolas mais fortes e tradicionais da modalidade: a asiática e a européia. O atleta paranaense fez bonito ao vencer o austríaco Egon Kramminger. Em terceiro lugar ficou o sul-coreano Young-Ill Jeyoung. O resultado garante pontos para o brasileiro disputar uma chave teoricamente mais fácil em Atenas, competição na qual já tem vaga garantida.

A final foi marcada pelo alto nível técnico. Isso porque Algacir é o atual bicampeão das Américas na classe 3. Não foi por acaso que Luiz considerado o melhor jogador do continente, em 2002. Ele já disputou as Paraolimpíadas de Atlanta-96 e Sydney-2000. Já o austríaco, que compete entre os melhores europeus desde 1995, é o atual campeão do Eslováquia Open-2003. Há dois anos, faturou o US Open, dentre outros importantes torneios.

Além de Algacir, foram à Holanda Ivanildo Freitas (São Paulo), Roberto Alves (Goiânia), Cristovam Jaques e Iranildo Espíndola (ambos de Brasília). Todos estes atletas são atuais campeões parapan-americanos de suas respectivas categorias e já têm lugar garantido nas disputas dos Jogos Paraolímpicos de Atenas.

O atleta

Luiz Algacir, 30 anos, curitibano, solteiro, ficou paraplégico em virtude da queda que sofreu de uma árvore, aos 15 anos de idade, na cidade de Foz do Iguaçu. Com o segundo grau técnico completo é funcionário da Associação dos Deficientes Físicos do Paraná-ADFP, onde trabalha na área de suporte técnico.