Um dos “novos ricos” do futebol mundial, o Paris Saint-Germain encara o primeiro grande desafio da sua fase milionária, contra o Dínamo de Kiev, no Estádio Parque dos Príncipes, nesta terça-feira, na abertura do grupo A da Liga dos Campeões da Europa, que ainda tem Dínamo de Zagreb e Porto.

Os franceses voltam à disputa da Liga dos Campeões depois de oito temporadas de ausência. O clube entrará em campo com a enorme pressão de ser a equipe europeia que mais investiu em contratações. Depois de um começo ruim no Campeonato Francês, o time comandado por Carlo Ancelotti venceu duas partidas seguidas e já aparece em quarto lugar na competição.

A melhora da equipe coincide com a boa fase vivida pela principal estrela dos parisienses, o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, autor de cinco dos seis gols do PSG no Campeonato Francês. Com cinco jogos na temporada, Ancelotti já pode comemorar o entrosamento adquirido por ‘Ibra’, e seus companheiros de ataque Javier Pastore e Ezequiel Lavezzi.

A única dúvida do Paris Saint Germain segue sendo o zagueiro Thiago Silva, que se recupera de lesão na coxa direita. Na semana passada, Ancelotti chegou a divulgar que o defensor estava sendo preparado para entrar em campo contra o Dínamo.

Os ucranianos, por sua vez, estreiam na Liga dos Campeões, tentando surpreender, na primeira competição continental após o anúncio da aposentadoria do maior jogador da história do clube, o atacante Andrey Shevchenko.

A equipe treinada por Yuri Siomin passa a ter como principais nomes o atacante Andrei Yarmolenko, que fez boa Eurocopa com a seleção da Ucrânia, e o meia croata Niko Kranjcar, maior reforço da equipe para a temporada.

Terceiro colocado no Campeonato Ucranino, seis pontos atrás do líder Shakhtar Donetsk, o clube investiu pesado em contratações. Além de Kranjcar, ex-Tottenham, chegaram o volante português Miguel Veloso e o meia brasileiro Raffael, ex-Hertha Berlim.

No outro jogo do Grupo A, no Estádio Maksimir, em Zagreb, o Dínamo local recebe o Porto, na primeira partida continental do clube luso sem o atacante brasileiro Hulk, vendido ao Zenit São Petersburgo por 60 milhões de euros.

Considerado o melhor jogador do Campeonato Português nas últimas temporadas, o jogador da seleção brasileira chegou a vestir a camisa do Porto na competição deste ano, fazendo dois gols em três jogos, mostrando a falta que o jogador fará a equipe.

Outro brasileiro que será baixa é o volante Fernando, contudo, o desfalque se dará pro problemas físicos. Em seu lugar deverá atuar o belga Steven Defour.

O Dínamo de Zagreb, por sua vez, tentará apagar a má impressão deixada na temporada passada, quando perdeu seis vezes na fase de grupos, deixando a competição sem marcar qualquer ponto. A equipe, contudo, não terá o meia e capitão Milan Badelj, negociado com o Hamburgo, da Alemanha.