A tabela das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006 desapontou o técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira. Ele preferia estrear em casa. Mas o Brasil vai iniciar a competição enfrentando a Colômbia, dia 6 ou 7 de setembro, em Barranquila. Parreira está na Europa e, por telefone, disse à Agência Estado que não adianta agora pensar no que já foi definido. “Tínhamos feito uma previsão que acabou não se concretizando. A partir deste instante, a tabela não tem de ser discutida. Tem de ser encarada.”

O treinador gostou de saber, porém, que a seleção vai encerrar a disputa atuando no Brasil contra a Venezuela. Sobre o primeiro adversário, a Colômbia, disse que é a equipe que mais evoluiu nos últimos anos na América do Sul, prevendo uma estréia complicada. “Mas não estamos com medo.” Ele quer concentração total para evitar o que se passou nas duas últimas edições do torneio, para as Copas de 1994 e 2002, quando o Brasil teve sérias dificuldades para conseguir a vaga. “Não podemos repetir o susto de só alcançar o objetivo na última rodada”, afirmou.