O Grande Prêmio Cidade de Curitiba, corrida mais importante da tarde de ontem, no Tarumã, marcou fácil vitória de Wiseguy. Pyramid Dancer correu na ponta, com Ilbacioditosca e Wiseguy nas posições imediatas. Na curva, evoluindo junto a cerca interna, Wiseguy assumiu a ponta e disparou para o disco, ganhando por 7 corpos de Petróleo, que atropelou na reta, mas sem ameaçar Wiseguy, que marcou a quinta vitória do treinador Márcio Ferreira Gusso.

Wiseguy é um filho de Emson, de criação e propriedade do Haras J.B.Barros, que foi dirigido com tranqüilidade por Jair Jesus

Provas complementares

Guapo Guaporé, do Stud Maggiore, venceu a prova de abertura do programa. Black Black Black correu na ponta, mas na curva foi dominado amplamente pelo favorito Haarlem, que destacando-se de seus rivais deu impressão de vitória. Guapo Guaporé, porém, em forte atropelada, dominou o favorito nos metros finais, com Black Black Black mais atrasado na terceira colocação. O vencedor foi apresentado por Márcio Ferreira Gusso e bem dirigido por Elizeu Pires dos Santos.

Endless Beauty, de criação e propriedade do Haras Santarém, dirigida por Zeferino Moura Rosa,venceu de ponta a ponta o segundo páreo, marcando mais uma vitória de Márcio Ferreira Gusso. Sempre com ampla vantagem sobre seus rivais, não chegou ser ameaçada pelo Fluffy que formou a dupla, com Pérsio na posição imediata.

Doublé Dream, dirigida por Edgar Araújo, de criação e propriedade do Haras J.B.Barros, marcou a terceira vitória de Márcio Ferreira Gusso. Assumiu a ponta nos primeiros metros e seguiu fácil até o final, com Bocaccio evoluindo na fase decisiva da corrida, na formação da dupla. Jacuzzi terminou na terceira colocação.

Derivativa, com Zeferino Moura Rosa, marcou a quarta vitória do treinador Márcio Ferreira Gusso, defendendo a farda do Haras Águia de Prata, que também é seu criador. Língua de Fogo e Gametech brigaram pela ponta na primeira fase do percurso. Na reta, porém, Derivativa depois de dominar aqueles rivais, teve sua vitória ameaçada por Iaiá das Milhas, que formou a dupla, com Harley na terceira colocação.

Assai Bela, Haras Alto da Serra venceu de ponta a ponta a sexta prova, sob os cuidados de Rui Floriano Silva e dirigida com tranqüilidade por Edgar Araújo. Rocky Pesado formou a dupla sem ameaçar a vencedora, com Gin Special na posição imediata.

Star Plus, de Maria Madalena de Oliveira, preparada por Altair Chioratto e dirigida por Rafael Oliveira, venceu a penúltima. Jângal Kant correu na ponta, mas nos metros finais foi dominado por Star Filos, com Overmars na terceira colocação.

Vicenzo, do Stud Maggiore, venceu a prova final do programa, marcando a sexta vitória do treinador Márcio Ferreira Gusso. Qualili e Quicksilver Boy brigaram pela ponta. Na reta, Quicksilver destacou-se daquela rival, mas nos metros finais foi suplantado por Vicenzo com Qualili atrasando-se para terceiro.