O técnico José Roberto Guimarães definiu nesta quinta-feira as 14 jogadores que vão defender a seleção brasileira feminina de vôlei no Mundial do Japão, entre os dias 29 de outubro e 14 de novembro. E resolveu cortar a ponteira Paula Pequeno do grupo, já que ela ainda não está completamente recuperada da fratura no tornozelo esquerdo que sofreu durante a fase final do Grand Prix, em agosto.

Após ficar algum tempo parada, Paula Pequeno já voltou aos treinos e vinha trabalhando com a seleção em Saquarema (RJ), mas ainda sente dores e não está 100% fisicamente. Assim, o Brasil fica sem mais uma campeã olímpica no Mundial, depois que a também ponteira Mari passou por uma cirurgia no joelho direito no começo de setembro, contusão que a deixará cinco meses afastada das quadras.

“Decidi preservar a integridade física da Paula, que acabou de voltar de lesão. Levá-la significaria acelerar um processo de recuperação e correr riscos. Este momento é muito triste. Perdemos uma grande jogadora para uma grande competição. Não levar a Paula para o Mundial foi uma decisão muito complicada. Ela tentou de tudo, lutou, mas não deu”, lamentou Zé Roberto.

“Já consegui superar inúmeras situações, mas chega uma hora em que temos de respeitar o limite do corpo. Lutei, me esforcei, fiz de tudo para tentar me recuperar a tempo de disputar o Mundial, mas não deu. É uma dor não poder participar de uma disputa tão bonita como será essa competição. Mas respeito a decisão do Zé e vou torcer muito pelo time”, afirmou Paula Pequeno.

“O Mundial é muito importante, mas nada se compara aos Jogos Olímpicos. É esse o nosso objetivo principal. Não vamos arriscar agora. A Paula tem um futuro pela frente. E queremos contar com ela para Londres, em 2012”, explicou Zé Roberto. “A Mari e a Paula são jogadoras muito importantes para o grupo. Farão falta. Mas o time tem condições de jogar de igual para igual com qualquer equipe.”

Com isso, a ponteira Fernanda Garay foi incluída no grupo de 14 jogadoras que disputará o Mundial. “A Fernanda Garay ganhou uma oportunidade com as lesões da Mari e da Paula. Ela fez uma grande Superliga, melhorou muito no último ano e mereceu a convocação”, elogiou Zé Roberto.

Enquanto isso, Natália será a nova ponteira titular da seleção, ao lado de Jaqueline. “Ela está preparada. Não podemos dar uma grande carga de responsabilidade a ela, mas a Natália já tem condições de suportar a pressão”, disse o treinador, lembrando que a jogadora tem apenas 21 anos.

O embarque da delegação brasileira está marcado para a próxima quarta-feira. Inicialmente, o grupo fará um período de aclimatação em Tóquio. Mas a disputa da primeira fase será na cidade de Hamamatsu, onde o Brasil enfrentará Quênia, Porto Rico, Itália, Holanda e República Checa.

Confira o grupo do Brasil que disputará o Mundial:

Levantadoras – Fabíola e Dani Lins

Opostas – Sheilla e Joycinha

Ponteiras – Jaqueline, Natália, Sassá e Fernanda Garay

Centrais – Fabiana, Thaísa, Adenízia e Carol Gattaz

Líberos – Fabi e Camila Brait