O paulista Fábio Fogaça venceu neste domingo a segunda prova da rodada de Londrina da Copa Petrobras de Marcas. Após largar na pole-position, o piloto de Sorocaba liderou de ponta a ponta e foi a grande sensação corrida ao não cometer erros mesmo sob os intensos ataques do também paulista Diego Nunes, que terminou em segundo.

Na primeira vez em que correu no Autódromo Ayrton Senna, na cidade paranaense, Fogaça se mostrou competitivo desde os treinos livres. Na primeira das duas provas que integraram a programação deste domingo, protagonizou uma disputa intensa com Felipe Gama, que, em dois momentos da disputa, acabou tocando no Mitsubishi Lancer GT de Fogaça. Por conta destes incidentes, Gama acabou punido pela direção de prova, o que permitiu que Fogaça ficasse com a oitava posição no resultado final.

Esse posto acabou sendo fundamental para a vitória na segunda corrida. Como na Copa Petrobras de Marcas os oito primeiros colocados da prova inicial têm suas posições invertidas para a largada da segunda bateria do dia, Fábio Fogaça conquistou o direito de partir da posição de honra. E não perdeu a oportunidade. Liderou desde o início e, mesmo sob os insistentes ataques de Diego Nunes, cruzou a linha de chegada em primeiro garantindo, assim, a primeira vitória de um Mitsubishi Lancer GT na categoria.

Na classificação do campeonato, o líder é Ricardo Maurício com 182 pontos depois desta sétima etapa da temporada. A corrida que define o campeão da Copa Petrobras de Marcas 2012 será no dia 2 de dezembro no Autódromo Internacional de Curitiba.