O meio campo Paulo Baier e o goleiro Neto foram julgados no início da tarde desta sexta-feira pelo STJD pelas expulsões contra o Corinthians, em jogo válido pela primeira rodada do Brasileirão.

Por maioria de votos, Paulo Baier foi absolvido da expulsão. O goleiro Neto, por unanimidade, foi condenado a uma partida de suspensão, que já foi cumprida. Com isso, os dois estão confirmados no time que enfrenta o Atlético Mineiro, domingo, às 16 horas, no Mineirão.

Julgamento

Na sustentação de defesa, o advogado do Atlético, Domingos Moro, tentou provar que o árbitro da citada partida, Marcelo de lima Henrique, costuma perseguir Paulo Baier e pediu a absolvição do atleta.

Em relação a Neto, Moro disse que o goleiro não deveria ter feito o que fez, mas já cumpriu sua pena ao ficar de fora de todo segundo tempo e da partida seguinte contra o Guarani.