O elenco do Palmeiras se apresentou na tarde desta segunda-feira sem a presença do técnico Luiz Felipe Scolari na Academia de Futebol. Felipão viajou ao Rio de Janeiro para participar do julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), em que foi suspenso por um jogo pelas reclamações contra a arbitragem na partida diante do Ceará. O técnico não voltou a tempo de comandar as atividades. O auxiliar Paulo Turra liderou o treinamento.

Em função da suspensão de Felipão, Turra também estará na área técnica para dirigir a equipe na partida diante do Fluminense, quarta-feira, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de Felipão, o atacante Deyverson também foi punido e estará fora do jogo de quarta-feira, no Allianz Parque.

O assistente foi o primeiro membro da comissão técnica a aparecer em campo. A imprensa foi autorizada a acompanhar apenas alguns minutos do trabalho de aquecimento. Somente os jogadores que não começaram a partida em Belo Horizonte trabalharam com bola. Os demais permaneceram dentro do centro de treinamento para atividades regenerativas.

Além dos desfalques de Felipão e Deyverson por suspensão, o Palmeiras não terá Moisés, que sofreu uma entorse no tornozelo no empate diante do Atlético-MG, domingo, em Minas Gerais. Por outro lado, Dudu, Mayke e Diogo Barbosa voltam ao time após cumprirem suspensão.