A israelense Shahar Peer geralmente é notícia devido aos protestos de grupos palestinos contra sua participação em torneios da WTA. Mas nas últimas competições, ela tem provado que pode entrar no grupo das principais tenistas do circuito profissional.

Nesta quarta-feira, Peer deu mais um passo nesta direção. Ela venceu a australiana Jelena Dokic por 2 sets a 0, com duplo 6/2, e avançou para as quartas de final do Torneio de Hobart, última competição preparatória para o Aberto da Austrália.

Atualmente na 30ª colocação do ranking mundial, a israelense é a segunda cabeça de chave em Hobart. Na próxima fase, ela terá pela frente a espanhola Carla Suárez Navarro, cabeça 5, que superou a australiana Alicia Molik em três sets, com 7/6 (7/3), 3/6 e 6/3.

Nas outras duas partidas desta quarta-feira, as favoritas foram surpreendidas. A canadense Aleksandra Wozniak, sexta tenista de melhor ranking, foi derrotada pela belga Kisten Flipkens por 2 a 0, com 7/5 e 6/2.

Já a ucraniana Kateryna Bondarenko, terceira cabeça de chave, caiu diante da italiana Sara Errani, também em dois sets, com 7/6 (10/8) e 6/4. Na próxima fase, Errani e Flipkens disputarão uma vaga na semifinal.