Nem o comedido técnico do Bahia, René Simões, aguenta mais a pressão por vitória de seu time nos jogos em que é mandante, em Salvador. Os dois triunfos da equipe no Campeonato Brasileiro, sobre Fluminense e Atlético Paranaense, foram obtidos como visitante. Em casa, três empates e uma derrota, para o Corinthians. “Tenho a confiança de que (a primeira vitória em casa) será neste jogo”, disse o treinador, sobre a partida contra o Coritiba, neste domingo, às 16 horas, no estádio de Pituaçu, pela 11.ª rodada.

Para tentar cumprir a missão, René Simões pode preparar uma formação mais ofensiva para a equipe, com os meias Ricardinho e Carlos Alberto jogando juntos. O técnico prefere manter a escalação em segredo, mas Carlos Alberto admite a possibilidade de jogar com o veterano meia. “Tenho um entrosamento muito bom com ele, só depende do técnico”, afirmou.

A possibilidade de escalação de Ricardinho surgiu depois que o volante Diones sofreu uma contusão cotovelo direito no treino da última quarta-feira. Até ali, o time seria praticamente o mesmo que perdeu para o Cruzeiro (2 a 1), no último domingo. As únicas alterações seriam a entrada do lateral-direito Marcos no lugar de Jancarlos, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o retorno do volante Marcone, suspenso no último jogo. Exames detectaram que a lesão de Diones é leve, mas o departamento médico do clube ainda não definiu se ele terá condições de jogar.

Quem pode estrear pelo time é o atacante Reinaldo. Contratado do Figueirense esta semana, ele já está com a documentação regularizada e tem chance até de aparecer na escalação do time titular.