São Paulo (AFP) – “Graças a Deus me recuperei”, disse ontem à imprensa Pelé, depois de uma forte reação alérgica que o manteve uma noite na UTI. “Quero dizer aos brasileiros que já estou bem. Se Deus quiser, vou ao Japão depois de amanhã (amanhã), para apoiar a seleção brasileira”, afirmou Pelé, que ainda não sabe quando terá alta.

Pelé entrou no Instituto do Coração de São Paulo segunda-feira à noite para um check-up que chamou de rotina. Segundo seu médico, Sérgio do Carmo Jorge, durante uma tomografia coronária Pelé apresentou uma forte reação alérgica ao iodo usado no exame.

“Foi uma surpresa. Em toda minha vida nunca tinha tido uma reação alérgica”, disse Pelé, que deu uma breve coletiva no hospital em cadeira de rodas. Segundo o maior ídolo do futebol brasileiro, 61 anos, os exames foram de rotina, uma exigência anual das firmas internacionais que promove e das seguradoras.

O médico afirmou: o resultado foi “muito bom”. “Absolutamente normal. Consideramos que é um resultado com o qual (Pelé) terá que tomar algumas medidas, que inclui uma mudança de hábitos de vida, emagrecer um pouco”. Brincando, o ex-craque afirmou que desde que deixou de jogar (profissionalmente em 1978) engordou apenas quatro quilos. “Graças a Deus estou bem. Sou um homem de três corações”, disse em referência à sua cidade natal, chamada Três Corações.