O ex-presidente do Atlético, Mario Celso Petraglia, desabafou em sua coluna “Fala, Petraglia”, desta quarta-feira (21), no site CAP4EVER. Ao receber uma mensagem de um internauta, questionando os problemas do Atlético por estar entre as últimas posições nas competições nacionais mais recentes, o ex-dirigente enumerou diversos fatores que, acredita, terem sido determinantes para a baixa produção do clube.

Primeiramente, Petraglia faz um resumo de suas ações ao longo dos 14 anos em que esteve à frente do Conselho Deliberativo do Furacão, ressaltando, principalmente, o avanço na estrutura do clube – com as construções do CT do Caju e da Arena da Baixada – e o sucesso nas competições em que disputou, destacando a “mística” que envolvia o estádio atleticano.

“Por vários anos o CAP foi praticamente imbatível jogando no seu estádio. Grandes clubes sabiam que viriam e perderiam. Davam os três pontos sempre como perdidos! Os “bambis” jamais ganharam na Arena e foram nestes últimos anos os maiores campeões do Brasil. Chegaram ao cúmulo de nos tirar da Baixada, para não jogarem a final da Libertadores em 2005, por puro medo…”, disse o ex-presidente, apontando o São Paulo.

Entre as 28 reflexões que o ex-dirigente ressaltou, há duras críticas ao atual comando do clube. Destaque para: “Eles não têm força, comando, liderança e presença perante o mundo do futebol”; “Eles não têm credibilidade no mercado de jogadores, clubes, agentes e procuradores” e “Eles não honraram nenhum compromisso assumido antes da sua gestão;”