Apesar de todos os problemas da pista, incluindo a pouca aderência na reta do Sambódromo e as ondulações nos trechos da Marginal Tietê e da Av. Olavo Fontoura, a opinião dos pilotos foi unânime com relação à etapa de São Paulo da Fórmula Indy, que acontece neste domingo, no circuito do Anhembi. Segundo eles, a corrida será um sucesso, com grandes atrativos para o público.

“Vai ser uma prova fantástica para o público”, avisou o brasileiro Tony Kanaan. “É por eles que estamos aqui. Não é pela tevê, não é pela imprensa, não é pelos patrocinadores e tão pouco pela gente. O objetivo desta corrida aqui é fazer novos fãs e fazer o fã de automobilismo gostar ainda mais da Indy.”

A brasileira Bia Figueiredo, uma das vítimas do que ela mesma chamou de “pista de gelo” – sem aderência, os carros escorregavam muito, provocando acidentes -, também prevê uma grande prova neste domingo. “Se conseguirem amenizar estes defeitinhos, vai ser uma corrida muito legal”, avaliou. “Adorei o circuito. Vai ser uma corrida difícil, principalmente do aspecto físico”, completou o australiano Will Power, que fez o melhor tempo do dia.

Apesar de reconhecer os problemas, Hélio Castroneves também disse que a etapa de São Paulo reservará grandes emoções. “É fantástico andar a 300km/h na Marginal. É o sonho de todo o paulistano”, brincou o piloto brasileiro, lembrando da importância dos reparos que serão feitos na pista pela organização da prova ainda neste sábado. “O circuito é legal, com vários pontos de ultrapassagem. Espero que a reta do Sambódromo também seja um bom ponto a partir de amanhã [domingo].”