Zarpellon e Gruber,
querem título da L-200.

As duplas curitibanas Luiz Marcelo Giovannetti/Marcelo Vosnika e Miguel Zarpellon/Caio Gruber, montaram a equipe Paraná Motorsport, e partem em busca do título da L-200, categoria do Mitsubishi Cup, no maior rali de velocidade monomarca da América Latina. Na bagagem, levam a experiência de já terem participado de inúmeras provas de rali, e com algumas vitórias nas mais diversas categorias que disputaram.

A equipe Paraná Motorsport está à procura de parceiros para custear a temporada 2004, e em contraproposta, oferece a sua estrutura de corrida para o patrocinador divulgar seu nome perante a mídia nacional. O valor estimado da estrutura da equipe é de R$ 700 mil. E o mais importante é poder participar da mídia da Mitsubishi Motorsports, que em 2003, obteve um retorno de cinco milhões de reais, em TV, jornais, revistas, internet e rádios.

Em 2003, Luiz Marcelo Giovannetti e Marcelo Vosnika conquistaram o título do Mitsubishi Motorsports, de regularidade, na categoria Turismo, vencendo quatro das sete etapas realizadas. A dupla iniciou sua participação no Mitsubishi Motorsports em 2001, com um 11.º lugar na etapa realizada em Curitiba. Em 2002, participaram de quatro etapas, conquistando dois sétimos e dois quartos lugares, e agora partem para um novo desafio.

Já Miguel Zarpellon e Caio Gruber iniciaram juntos suas carreiras no automobilismo, no kart, em 1974, participando de vários campeonatos. Passaram para o rali de regularidade em 1994, disputando desde então, provas do brasileiro de rali, Enduro Rota do Paraná e no Mitsubishi Motorsports. Em 2004, iniciam nova jornada em busca de vitórias, na luta pelo título da Mitsubishi Cup, categoria L-200, de rali de velocidade.

“Nosso objetivo está totalmente voltado na estruturação da equipe, para podermos “brigar” pelo título da L-200 Cup. Não visamos lucro. Queremos apenas nos profissionalizar, para enfrentar nossos principais rivais de igual para igual”, disse Marcelo Vosnika. “Nossa equipe está bem montada e confiamos em nosso potencial. Precisamos de parceiros para nos ajudar em mais esta conquista”, concluiu Luiz Marcelo Giovannetti.