O Pinheiros/Mackenzie conquistou nesta quarta-feira a última vaga das semifinais da Superliga feminina de vôlei. Jogando em São Paulo, a equipe derrotou o Vôlei Futuro por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 25/13 e 25/12, no terceiro e último jogo da série melhor-de-três.

Na semifinal, o Pinheiros terá pela frente o Sollys/Osasco (SP), que eliminou o Praia Clube/Banana Boat (MG), em apenas dois confrontos, na segunda-feira. A outra semi vai reunir o Unilever (RJ) e o São Caetano/Blausiegel (SP). Os confrontos, novamente em melhor-de-três, serão realizados nos dias 3, 7 e 10 de abril.

A vitória tranquila desta quarta veio depois da derrota sofrida no domingo, no segundo jogo da série. Depois da decepção no final de semana, Fernanda Garay, maior pontuadora da partida, elogiou a atuação do Pinheiros nesta quarta. “Deu orgulho de ver o time jogando bem, focado. Fico feliz por mim e por todas as minhas companheiras”.

A líbero Verê, por sua vez, elogiou a postura da equipe. “Quando a gente joga com alegria e unidas, fica difícil para o adversário. Tivemos altos e baixos na competição, mas sabemos que a Superliga é um campeonato longo. Nessa fase final melhoramos, e agora é o momento de jogar tudo o que a gente sabe”.

Já o técnico do Vôlei Futuro, William Carvalho, reconheceu que suas jogadoras sentiram a pressão nesta noite. “Tentamos de tudo: passei tranquilidade e mexemos bastante no time. Só posso acreditar que elas sentiram bastante. Teríamos tido uma chance se tivéssemos colocado mais pressão no primeiro set”, avaliou o treinador.