O médico da seleção italiana, Enrico Castellacci, confirmou nesta quinta-feira que o volante Pirlo sofreu uma contratura muscular na panturrilha direita, durante a vitória sobre o Japão, no dia anterior, na Arena Pernambuco. Assim, ele será desfalque contra o Brasil, sábado, em Salvador, e pode até mesmo perder o restante da Copa das Confederações.

“Vamos trabalhar para tentar recuperá-lo para a semifinal (pode ser na quarta ou na quinta-feira, dependendo da colocação final da Itália no Grupo A, no qual luta pela liderança com o Brasil)”, disse o médico italiano, antes do treino no Barradão, em Salvador. Segundo ele, os exames de Pirlo apontaram um edema na panturrilha. “Não houve lesão de fibras.”

Principal jogador da seleção italiana, o volante de 34 anos já preocupava a comissão técnica antes mesmo da Copa das Confederações. Assim como boa parte do grupo convocado pelo técnico Cesare Prandelli para disputar a competição no Brasil, a condição física de Pirlo não era a ideal, por causa do desgaste de final de temporada na Europa.

Além de Pirlo, a Itália não terá o volante De Rossi, suspenso. E pode poupar outros titulares diante do Brasil, justamente por causa do desgaste físico. Mas, apesar de já estar classificada, a seleção italiana promete buscar a vitória no clássico de sábado para terminar na primeira colocação do Grupo A e, assim, evitar um possível confronto com a Espanha na semifinal.