A polícia turca prendeu nesta segunda-feira o presidente do Trabzonspor e um ex-funcionário da Federação Turca de Futebol para que sejam interrogados como parte da investigação de manipulação de resultados no campeonato do país.

O presidente do Trabzonspor, Sadri Sener, foi preso um dia depois do tribunal acusar formalmente e prender Aziz Yildirim, presidente do Fenerbahce, que está à espera de julgamento. O Fenerbahce venceu o Campeonato Turco da última temporada, batendo Trabzonspor, que ficou com o vice-campeonato. A polícia também prendeu o ex-funcionário da federação turca Levent Kizil.

 

As prisões acontecem enquanto a federação considera que, caso a manipulação de resultados seja comprovada, medidas punitivas devem ser tomadas contra o Fenerbahce. As autoridades devem tomar uma decisão até sexta-feira, prazo final para entregar à União de Federações do Futebol Europeu (Uefa) a lista das equipes que participarão de competições europeias. Possíveis sanções incluem a retirada do título da equipe e seu rebaixamento para a segunda divisão da Turquia.