Já está decidido que a polícia fluminense virá para a capital paulista buscar o ex-atleta Edmundo, de 40 anos, preso no início desta madrugada por agentes do Setor de Investigações Gerais (SIG) da 3ª Delegacia Seccional Oeste de São Paulo.

O depoimento de Edmundo ao delegado Eduardo Castanheira terminou por volta das 4h30. O ex-jogador e comentarista esportivo deixou a delegacia às 5h11, em uma Parati vermelha, descaracterizada, da polícia, e sem falar com a imprensa, para realizar exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) localizado na região da Ceagesp, na zona oeste.

Após o exame, Edmundo volta para a carceragem da Delegacia Seccional, onde aguardará a chegada de policiais civis do Rio, cidade onde foi expedido o mandado de prisão contra o ex-jogador. O documento, segundo os policiais, foi enviado do Rio por fax para a delegacia em São Paulo.

Edmundo não possui formação superior, estudou até a 6ª série do ensino fundamental, portanto, pela lei, não teria direito a cela especial.