O Grupo de Operações Especiais (GOE), guiado pela inteligência da Polícia Civil, prendeu nesta terça-feira (13) três cambistas que vendiam ingressos para o jogo entre Brasil e Uruguai, dia 21 de novembro no Morumbi, pelas Eliminatórias da Copa de 2010.

Um deles, José Carlos da Silva Bezerra, de 36 anos, tinha 35 ingressos de arquibancada superior azul e cobrando R$ 140,00 por cada ingresso que custava oficialmente R$ 80,00. Ele afirmou, em depoimento, que conseguiu parte das entradas nas bilheterias do Morumbi e com colegas cambistas. Bezerra já tinha passagem na polícia por falsificação de dinheiro em 1999.

Os outros dois cambistas carregavam um cheque no valor de aproximadamente R$ 3 mil emitido por uma agência de turismo. De acordo com o delegado titular do setor de investigações da Seccional Oeste, Carlos Henrique Fabrini, a atuação das empresas de turismo será investigada.

Os três detidos vão responder por crime contra a ordem tributária. Como o crime é de "menor potencial ofensivo", eles terão o direito de responder em liberdade.