Um grupo de 19 torcedores foi preso quando retornava à Sérvia, segundo informou nesta quinta-feira o ministro do Interior sérvio, Ivica Dacic. Todos os detidos estavam envolvidos na confusão que suspendeu a partida contra a Itália aos sete minutos do primeiro tempo, em confronto válido pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2012.

As prisões foram realizadas na fronteira sérvia, de acordo com Dacic, após a polícia bloquear a entrada dos ônibus que transportavam os torcedores desde Gênova – onde a partida foi disputada na Itália.

Antes do início do jogo entre Itália e Sérvia, na terça-feira, policiais italianos e torcedores sérvios se confrontaram e a partida foi atrasada em 45 minutos. Na sequência, fogos de artifício foram atirados ao campo e a partida acabou suspensa.

O tumulto continuou pelas ruas durante a noite e 17 torcedores – 16 sérvios e um italiano – foram presos em Gênova. Ao todo, 16 pessoas acabaram sendo feridas, inclusive dois policiais. A Uefa informou na quarta-feira que já está investigando o grave incidente.