Ainda invicto na Copa Libertadores, e sem sofrer gols, o Cruzeiro busca nesta quarta-feira contra o Mineros, da Venezuela, às 22 horas, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, ficar mais próximo da classificação às quartas de final e se recuperar da derrota inesperada para o Tombense, em casa, no último domingo, que fez com que tenha agora de encarar rival Atlético nas semifinais do Campeonato Mineiro.

O jogo contra os venezuelanos é pela quarta rodada do Grupo 3, em que o Cruzeiro lidera com cinco pontos, mesma pontuação do Universitário Sucre, da Bolívia, que mais cedo, às 19h45 (de Brasília), pega o Huracán, terceiro com três pontos, na Argentina. O Mineros é o lanterna da chave, com um.

O técnico Marcelo Oliveira escolheu não fazer mistérios para escalar o time do Cruzeiro. O treinador abriu o treino desta terça-feira, na véspera da partida, e confirmou a equipe titular. Os volantes Charles e Willian Farias foram poupados da atividade, mas são reservas. Nenhum dos dois foi relacionado para o jogo, abrindo espaço para o retorno do chileno Felipe Seymour ao banco de reservas.

Precisando vencer para seguir na liderança do grupo, o Cruzeiro não vai poder contar com Marquinhos, lesionado, e Judivan, que serve à seleção brasileira sub-20. O meia Marcus Vinicius não está inscrito na Libertadores e sofreu lesão muscular. Já Ceará passou por cirurgia no joelho.