Jeonju (AE) – Com muita chuva, três gols do atacante Pauleta e um do meia Rui Costa, Portugal goleou a Polônia por 4 a 0 e manteve boas chances de classificação. Para passar para as oitavas-de-final da Copa do Mundo, os portugueses terão de vencer os coreanos na sexta-feira, em Incheon. O resultado também serviu para eliminar os poloneses da competição.

A Coréia do Sul lidera o Grupo D do Mundial, com 4 pontos, seguida dos Estados Unidos – as duas equipes empataram ontem em 1 a 1 -, com o mesmo número de pontos mas um saldo de gols inferior (um contra dois). Portugal, com 3 pontos, ocupa a terceira posição, e a Polônia, sem pontos, está em último na chave e eliminada.

Ao contrário da estréia, contra os EUA, Portugal mostrou porque chegou à Coréia como favorita ao título e não deu chances aos poloneses. Depois de um início forte da Polônia, que durou poucos minutos, Portugal dominou a partida. As melhores chances surgiam dos lançamentos longos para o ataque. Na primeira grande chance, Pauleta recebeu na área, passou por Hajto com facilidade e chutou forte no canto de Dudek para abrir o placar.

Logo em seguida, a chuva apertou e atrapalhou o nível técnico da partida. As duas equipes abusaram das faltas e o juiz Hugh Dallas, da Escócia, distribuiu vários cartões. Quando o dilúvio passou, os portugueses voltaram a confirmar a melhor fase.

No segundo tempo, os portugueses exploraram os contra-ataques. A tática chegou a parecer arriscada. Quando a Polônia estava prestes a empatar, sofreu o golpe definitivo. Depois de boa jogada de Rui Costa e Beto, Figo cruzou para Pauleta marcar o 2.º. Logo em seguida, Figo por pouco não deixou sua marca, mas a trave salvou Dudek. Aos 32 minutos, Figo, mostrando estar voltando à boa fase, outra vez lançou Pauleta na área. O atacante driblou Waldoch, chutou colocado e marcou o 3.º

Tranquilos no jogo, os portugueses ainda tiveram tempo para marcar o quarto gol. Novamente pela direita, Capucho colocou Rui Costa dentro da pequena área. Meio sem jeito ele tocou na saída do goleiro e definiu a goleada.

No outro jogo do grupo, a Coréia do Sul esbarrou na forte retranca dos Estados Unidos e conseguiu apenas um empate. Mas o resultado manteve os coreanos na liderança do Grupo D, com quatro pontos, seguidos pelos americanos.

Ficha Técnica

Local: Jeonju (Coréia). Árbitro: Hugh Dallas (Escócia). Gols: Pauleta aos 14′ do 1.º tempo; aos 20′ e aos 32′ e Rui Costa aos 42′ do 2.º. Cartões amarelos: Frechaut, Jorge Costa e Rui Jorge (POR), Swierczewski e Akadiusz Bak (POL). Portugal: Vítoe Baia; Frechaut (Beto), Fernando Couto, Jorge Costa e Rui Jorge; Sérgio Conceição (Capucho), Petit, Paulo Bento e Figo; Pauleta e João Pinto (Rui Costa). Técnico: Antonio Oliveira. Polônia: Dudek; Hajto, Waldoch, Zurawski (Marcin Zewlakow) e Michal Zewlakow (Rzasa); Krzynowek, Kaluzny (Akadiusz Bak), Swierczewski e Kozminski; Olisadebe e Kryszalowicz. Técnico: Jerzy Engel.