A Portuguesa manteve a sua rotina de derrotas ao perder para o Paraná, por 1 a 0, nesta terça-feira à noite, no Estádio Durival de Britto, em Curitiba, pela 31.ª rodada da Série B. Esta foi a 16.ª derrota da Lusa. Virtualmente rebaixado, o time paulista soma apenas 21 pontos, segurando a lanterna. O time paranaense, por sua vez, deu um passo importante para escapar do rebaixamento, porque chegou aos 40 pontos, em 13.º lugar.

Com a estreia do técnico Zé Augusto, do sub-20, no lugar de Vágner Benazzi, a Portuguesa entrou em campo bem armada, com consistência no meio-campo e chegando com perigo no ataque. Tanto que criou três grandes chances para abrir o placar e esbarrou sempre nas mãos do goleiro Murilo, que substituiu o titular Marcos. O Paraná se mostrou muito apático, não ameaçou o goleiro Rafael Santos e desceu para o intervalo debaixo de vaias de sua torcida.

O panorama não mudou no segundo tempo, tanto que logo aos 2 minutos Gabriel Xavier chutou à queima roupa e Murilo evitou o gol. O mesmo Gabriel assustou de novo aos 13 minutos, quando entrou na área pela esquerda e bateu cruzado. O goleiro Murilo deu um leve toque na bola, o suficiente para que a bola explodisse na trave esquerda. No rebote, sozinho, Luan chutou para fora.

Mas quando a fase é ruim, a sorte joga contra. No caso da Lusa, aos 15 minutos sofreu o gol. Thiaguinho desceu pela esquerda e fez o levantamento. Do outro lado, no segundo pau, Adaílton subiu bem alto e testou com força. Seria o gol da vitória.

Mesmo porque o gol desanimou os jogadores paulistas, que até então tinham demonstrado muita disposição. De outro lado, o Paraná priorizou a marcação esperando uma chance para ampliar e matar o jogo. Mas não conseguiu.

Na sexta, pela 32.ª rodada, a Portuguesa vai atuar no Canindé diante do Icasa, às 19h30. No mesmo dia, às 21h50, o Paraná vai até Natal para enfrentar o ABC no Estádio Frasqueirão.

FICHA TÉCNICA:

PARANÁ 1 X 0 PORTUGUESA

PARANÁ – Murilo; Chiquinho, Cleiton, Alisson e Paulinho; Jean, Lucas Otávio (Léo Mineiro), Henrique Santos (Thiaguinho) e Lúcio Flávio; Carlinhos e Giancarlo (Adaílton). Técnico: Ricardinho.

PORTUGUESA – Rafael Santos; Arnaldo, Brinner, Matheus, Luciano Castán (Jean Motta); Bruno Piñatares, Renan, Felipe Nunes (Jânio) e Gabriel Xavier; Léo Costa (Matheus Santos) e Luan. Técnico: Zé Augusto.

GOL – Adaílton, aos 15 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Arnoldo Vasconcelos Figarela (RO).

CARTÕES AMARELOS 0 Jean e Carlinhos (Paraná); Gabriel Xavier, Bruno Piñatares e Brinner (Portuguesa).

RENDA 0 R$ 28.285,00.

PÚBLICO – 1.851 pagantes (2.603 total)

LOCAL 0 Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).