A vida da Portuguesa segue complicada nesta retomada do Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar de ter conseguido um ponto fora de casa, ao segurar o empate por 0 a 0 contra a Ponte Preta, o clube da capital segue na zona de rebaixamento. A partida aconteceu nesta terça-feira, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, e foi válida pela 11.ª rodada.

Com o empate, a Portuguesa chega ao seu terceiro jogo sem derrotas, vai para 10 pontos, mas segue em situação delicada, já que é um dos integrantes do descenso. Por sua vez, a Ponte Preta tropeça pela segunda vez seguida, mas ainda está na briga por um lugar entre os quatro primeiros colocados. O clube campineiro soma agora 17 pontos.

Logo após a parada para a disputa da Copa do Mundo, a tabela promoveu o duelo paulista entre Ponte Preta e Portuguesa. Na primeira etapa, o clube da capital mostrou um leve domínio do jogo, mas as jogadas mais agudas ficaram por conta da equipe campineira, que teve duas boas oportunidades de abrir o marcador.

A primeira boa chance aconteceu aos 20 minutos, quando Cafu avançou pelo lado esquerdo de campo, cortou para a direita e arriscou o chute. Rafael Santos defendeu em dois tempos. O arqueiro voltou a aparecer logo em seguida ao espalmar um bonito chute de Edno na entrada da pequena área. Por sua vez, a Portuguesa se movimentava bem pelos lados de campo, mas Roberto, goleiro da Ponte Preta, acabou não sendo acionado.

Com o apoio de seus torcedores, que compareceram em bom número, a Ponte Preta voltou mais animada para a segunda etapa. Logo de cara perdeu boas chances de gol com Alexandro, que parou no goleiro Rafael Santos. Em seguida, o goleiro fez mais uma grande defesa, desta vez no chute de longa distância de Daniel Borges.

No final da partida, a forte marcação defensiva voltou a reinar. O clube campineiro encontrava dificuldades em furar o bloqueio feito pelo rival, que nitidamente se preocupava mais em não levar gols do que sair da partida com o resultado positivo, já que novamente não conseguiu ameaçar Roberto. O goleiro foi mais um telespectador no embate. A equipe da capital ainda ficou com um homem a menos nos últimos minutos. O lateral Jussandro parou o contra-ataque, levou o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

Na próxima rodada, a Ponte Preta enfrenta o Avaí nesta sexta, às 21h50, no estádio da Ressacada, em Florianópolis. Já a Portuguesa tem pela frente o Paraná no mesmo dia, às 19h30, no estádio do Canindé, em São Paulo.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0 x 0 PORTUGUESA

PONTE PRETA – Roberto; Daniel Borges, Tiago Alves, Luan e Bryan; Juninho, Elton e Alef (Léo Cittadini); Cafu (Rossi), Edno e Alexandro (Miguel). Técnico: Dado Cavalcanti.

PORTUGUESA – Rafael Santos; Arnaldo, Brinner, Luciano Castan e Jussandro; Rudnei (Diego Silva), Serginho (Marcelinho), Maycon e Allan Dias; Gabriel Xavier e Weverton (Gustavo). Técnico: Marcelo Veiga.

CARTÕES AMARELOS – Tiago Alves, Bryan e Alef (Ponte Preta); Maycon e Gustavo (Portuguesa).

CARTÃO VERMELHO – Jussandro (Portuguesa).

ÁRBITRO – Vinícius Furlan (SP).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).