A Portuguesa manteve a liderança da Série B do Campeonato Brasileiro, na noite desta terça-feira, ao golear o São Caetano por 5 a 2, no Canindé, em São Paulo. Com sua terceira goleada consecutiva, após aplicar 5 a 0 Bragantino e 4 a 1 no Goiás, o time paulista dificilmente será desbancado da ponta da tabela nesta oitava rodada.

O destaque mais uma vez foi o atacante Edno, que marcou mais dois gols e chegou ao sexto, nas três goleadas. A Portuguesa chegou aos mesmos 17 pontos do Americana, que apresenta saldo de gols inferior. Ponte Preta e Paraná podem alcançar os dois líderes ainda nesta terça, dia de rodada completa da Série B, mas dificilmente conseguirão superar o saldo de 15 gols da Lusa. Já o São Caetano continua com nove pontos.

Embalada neste início de campeonato, a Portuguesa começou com tudo nesta terça marcou dois gols em menos de quatro minutos. Luis Ricardo fez boa jogada pelo lado direito e cruzou para Edno, que só desviou para as redes, logo aos 2 minutos de jogo. Em seguida, aos 6, o atacante fez o seu segundo na noite. Após cruzamento na área, ele dominou no peito e, sem deixar a bola cair, bateu no canto de Luiz.

O São Caetano foi para cima e descontou o placar aos 16 minutos. Geovanne recebeu dentro da área, girou em cima da defesa e bateu na saída de Weverton. Depois de levar o gol, a Lusa “voltou” para o jogo e, aos 34, aumentou o placar. Marcelo Cordeiro recebeu na entrada da área e bateu na forquilha de Luiz, que ficou vendido na jogada.

Para fechar o primeiro tempo, a Lusa fez o quarto aos 42 minutos. Mais uma vez, Luis Ricardo fez boa jogada e tocou para Ananias. Ele bateu fraco e rasteiro, mas o goleiro Luiz aceitou o chute.

No saída para intervalo, Geovanne e Leandro Silva se desentenderam em campo. Antes da bola rolar, o árbitro expulsou o atacante do São Caetano. Com um homem a mais e o placar tranquilo, aos 3 minutos, a Lusa fez o quinto gol. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Leandro Silva subiu mais que todo mundo e testou para o fundo das redes.

O São Caetano melhorou e aos 17 minutos fez o segundo gol. Souza cobrou falta de longe, a bola desviou na barreira e matou o goleiro Weverton. A Portuguesa volta a jogar no próximo sábado, às 16h20, contra o ASA, em Arapiraca-AL. No mesmo dia e horário, o São Caetano recebe o Sport, em São Caetano do Sul.

Ficha Técnica:

Portuguesa 5 x 2 São Caetano

Portuguesa – Weverton; Luis Ricardo, Rogério (Renato), Leandro Silva e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Guilherme, Marco Antônio (Thiago Silvy), Henrique e Ananias (Ivo); Edno. Técnico: Jorginho.

São Caetano – Luiz; Robert, Anderson Marques, Eli Sabiá e Diego; Augusto Recife, Allan (Felipe), Souza e Kléber (Thiago Martinelli); Antônio Flávio e Geovanne. Técnico: Márcio Goiano.

Gols – Edno, aos 2 e aos 6 minutos, Geovanne, aos 16, Marcelo Cordeiro, aos 34 e Ananias aos 42 minutos do primeiro tempo. Leandro Silva, aos 3, e Souza, aos 17 minutos do segundo tempo.

Cartão amarelo – Não houve.

Cartão vermelho – Geovanne.

Árbitro – Cléber Welington Abade (SP).

Renda – R$ 32.080,00.

Público – 2.065 pagantes.

Local – Estádio do Canindé, em São Paulo (SP).