O técnico Bernardinho mostrou preocupação com o desempenho da seleção brasileira no amistoso desta terça-feira, em Heidelberg. A derrota para a Alemanha pelo placar de 3 sets a 0 foi uma das piores da equipe sob o seu comando, afirmou o treinador, ao fim da partida preparatória para o Mundial da Itália, que terá início no sábado.

“Sem tirar os méritos da Alemanha, esta foi uma das piores partidas que fizemos nestes dez anos. Jogamos muito abaixo do normal. É difícil até mesmo explicar o motivo. Durante a partida, o time foi se abatendo com os erros e não conseguiu encontrar o caminho de volta”, avaliou o técnico, sem apontar culpados.

Bernardinho teve problemas para escalar a seleção momentos antes do jogo. O técnico, que pretendia contar pela primeira vez com todos os titulares, perdeu o ponteiro Dante, com dores nas costas, e o levantador Marlon, com problemas fisiológicos. Giba e Bruno foram os substitutos. Completaram o time Vissotto, Lucas, Sidão, Murilo e o líbero Mário Jr.

Apesar da derrota, o treinador não demonstrou desânimo para a estreia do Brasil, no sábado, contra a Tunísia. “Foi uma questão de postura. Agora vamos conversar estes dias e tentar recuperar os atletas que não estão cem por cento para que possamos estrear bem no Mundial”.