O presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Cury, poderá prestar esclarecimentos na CPI do Futebol. A solicitação foi feita pelo senador Humberto Costa (PT-PE) e protocolada na última terça-feira.

O dirigente será questionado sobre a sua gestão à frente da entidade suprema do futebol paranaense. A possibilidade de ‘doações’ da FPF para a Confederação Brasileira de Futebol também deverá ser questionada ao cartola.

A convocação ainda não foi oficializada. Vale destacar que, além de Cury, o candidato de oposição nas últimas eleições da FPF, Ricardo Gomyde, também foi convocado a responder questionamentos na CPI do Futebol.

O candidato derrotado teria recebido doações da dupla Atletiba durante a sua campanha.