Após a goleada sofrida ontem pelo Santos para o Vasco, por 4 a 0 o presidente do Santos, Marcelo Teixeira, resolveu falar.

Depois de definir a nova geração de jogadores santistas como "jovens de muito potencial e excelente nível técnico", Teixeira não só garantiu a permanência de Vanderlei Luxemburgo no clube, independente dos resultados, como também acenou com a possibilidade de o técnico renovar contrato. E disse que a reação santista vai começar quando o atacante Kléber Pereira estrear, o lateral-esquerdo Kléber voltar da Seleção Brasileira, e Maldonado se recuperar de contusão.

"Vamos chegar entre os quatro melhores e não serão alguns resultados ruins que nos farão sair do processo de renovação estabelecido. Da equipe que chegou à semifinal da Libertadores, saíram apenas dois jogadores: Zé Roberto e Cléber Santana", disse o dirigente, negando ter havido desmanche do time.

O presidente santista disse esperar que Kleberson chegue a um acordo amigável com o Besiktas, da Turquia, retirando o processo que corre na Fifa, para tentar contratá-lo, e negou interesse pelos corintianos Roger e Nilmar. Mas adiantou que outros jogadores vão deixar o Santos e que alguns reforços ainda chegarão.

Teixeira foi indicado pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para representar o Brasil na comissão permanente da Fifa responsável pela organização do Campeonato Mundial de Clubes, disputado anualmente.