O primeiro-ministro holandês, Jan Peter Balkenende, declarou nesta quinta-feira (5) apoio à candidatura conjunta de Bélgica e Holanda para sediarem a Copa do Mundo de 2018.

"Trata-se de um plano fantástico", disse Balkenende após uma reunião com dirigentes do futebol holandês, entre eles o técnico da seleção nacional, Marco Van Basten.

Os dois países vizinhos já organizaram juntos a Eurocopa de 2000 competição que foi muito elogiada, apesar de ter sido manchada pela atuação de hooligans, a ponto de na Bélgica terem sido feitas 1.300 prisões.

A Fifa anunciará em 2011 quem organizará a competição. O próximo Mundial será disputado em 2010, na África do Sul, e o Brasil é o único candidato para organizar a Copa de 2014, cuja sede será anunciada em novembro.

Apesar de ter montado uma seleção mítica nos anos 70, que ficou conhecida como "Laranja Mecânica", a Holanda nunca foi sede de um Mundial.