Victor Andrade tem 16 anos, mas já é tratado como a nova estrela das categorias de base santistas. Hoje, o atacante treinou pela primeira vez junto com o time profissional e foi relacionado para a partida contra o Fluminense.

O contrato da jovem promessa tem multa rescisória de 50 milhões de euros, cerca de R$ 124 milhões, que protege o clube do assédio de outros times. É o mesmo que um clube precisa pagar ao Santos para levar o meia Paulo Henrique Ganso, por exemplo. O salário de Victor já é maior de que o de alguns titulares dos profissionais.
Mas o atacante ainda precisa correr muito para mostrar seu valor na equipe de cima. Quando jogou a Copa São Paulo de futebol júnior no começo do ano, ele decepcionou -assim como todo o time santista. Jogador habilidoso, o jovem é alvo de elogios dos novos colegas.

“Ele é mais uma pérola do Santos”, disse o lateral esquerdo Juan. “Tem que ser bem trabalhada como foram os outros jogadores. É cedo pra dizer alguma coisa, mas ele tem qualidade, é habilidoso, driblador, mas tem que esperar amadurecer.”

Victor deve começar a partida contra o Fluminense no banco de reservas. O técnico Muricy Ramalho tem poucas opções para o setor ofensivo, já que Borges e Dimba não têm condição de jogo ainda. Por isso, resolveu relacionar o jovem.