Não foi o resultado que Prudente e Vitória esperavam, mas as duas equipes fizeram partida sem grandes emoções neste sábado e ficaram apenas no empate por 0 a 0, no Estádio Prudentão, em Presidente Prudente, pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado deste sábado, os dois times chegaram aos 14 pontos, mas o rubro-negro baiano tem uma leve vantagem no saldo de gols (0 a -1) e ocupa a oitava posição, uma na frente do time paulista.

Ao contrário de outros jogos, quando o Prudente pôde usar os contra-ataques como principal arma, dessa vez a receita era ter paciência para chegar ao gol adversário. A orientação do técnico Toninho Cecílio era para tocar a bola em velocidade, explorando bem as laterais. Mas o Vitória estava bem posicionado na defesa, dificultando as ações do time paulista.

Mesmo assim, o Prudente criou as melhores chances. Em uma delas, João Vitor soltou a bomba de longe e Lee espalmou para fora, aos 25 minutos. No lance seguinte, após escanteio, o zagueiro Leonardo cabeceou para o gol e Renato salvou em cima da linha.

No intervalo, o Prudente perdeu o atacante Wanderley, machucado – foi substituído por Araújo. Mas quem voltou melhor foi o Vitória, marcando mais à frente e criando chances no ataque. Aos 13 minutos, Soares chutou de longe e Vinícius teve trabalho para espalmar por cima do travessão.

Mas o Vitória diminuiu o ritmo, certamente pensando na final da Copa do Brasil, na quarta-feira, contra o Santos. O Prudente ainda ameaçou duas vezes em cobranças de escanteios cobrados pelo lateral Paulo César. Aos 30 minutos, Anderson Luis acertou cabeçada forte, mas Lee saltou e defendeu. Na outra, aos 38, João Vitor tocou meio sem jeito, de canela, e só não marcou porque Lee, outra vez, saltou para defender.

Pela 12.ª rodada, no dia 1.º de agosto, o Prudente recebe o Santos a partir das 18h30. No mesmo dia, o Vitória encara o Botafogo, no Barradão, em Salvador. Mas antes disso, quarta-feira, pega o Santos, na Vila Belmiro, no primeiro jogo da decisão da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA:

Prudente 0 x 0 Vitória

Prudente – Giovanni; Paulo César, Anderson Luís, Leonardo e Marcelo Oliveira; Rodrigo Mancha, João Vítor, Carlos Eduardo (Willian) e Deyvid Sacconi (Diego); Wanderley (Araújo) e Wesley. Técnico – Toninho Cecílio.

Vitória – Lee; Jonas, Anderson Martins, Reniê e Rafael Cruz; Vanderson, Ricardo Conceição, Fernando (Neto) e Renato (Elkenson); Schwenk (Junior) e Soares. Técnico – Ricardo Silva.

Árbitro – Evandro Rogério Roman (Fifa/PR).

Cartão amarelo – Rodrigo Mancha.

Renda – R$ 61.020,00.

Público – 4.922 pagantes.

Local – Estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (São Paulo).