O Paris Saint-Germain chegou a um acordo com a cidade de Paris e irá continuar jogando no Parque dos Príncipes pelos próximos 30 anos. O estádio pertence à prefeitura da capital francesa e existia a possibilidade de o PSG passar a jogar no Stade de France, que fica em Saint Denis, cidade da região metropolitana de Paris.

O acordo, que ainda precisa ser aprovado pelo conselho administrativo do PSG e ao equivalente à Câmara Municipal de Paris, inclui planos de reforma do estádio, que ainda não passou por modificações relevantes desde que foi inaugurado, em 1972, há mais de 40 anos, portanto.

“Este acordo, um dos mais importantes da história do PSG, permite ao clube ter um local próprio no coração da cidade. Assim, irá oferecer aos torcedores uma experiência única no estádio histórico. O clube está comprometido com um programa ambicioso de reforma, que irá começar nos próximos meses”, destacou o PSG, em nota.

O Parque dos Príncipes, que tem capacidade atual para 51 mil pessoas, será um dos palcos da Eurocopa de 2016. A reforma prometida pelo PSG, desta forma, terá que ser concluída dentro de pouco mais de dois anos.